Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Futuras mães: 5 recomendações para facilitar o parto

A gravidez é uma experiência incomparável e envolvente que exige bastante calma.

Quando toma as medidas corretas e tem a ajuda do parceiro, a gestante pode facilitar bastante o trabalho de parto. 

No entanto, ainda há quem tenha medo das possíveis complicações.

Por isso, nós estamos trazendo cinco importantes recomendações para o momento da chegada do bebê.

Aqui estão elas:

1. Reconheça as contrações!

 Normalmente, as contrações aparecem durante as últimas semanas de gravidez, o que ajuda o útero a se acostumar com a pressão do nascimento.

 As contrações de nascimento são mais fortes e ocorrem, geralmente, em intervalos mais curtos.

Se a mãe estiver tomando um banho quente, dias ou semanas antes do tempo esperado para a chegada do bebê, e sentir contrações, por exemplo, com certeza serão passageiras. 

No entanto, se forem contrações que anunciam o nascimento, elas se tornarão ainda mais fortes.

É muito importante ficar atenta a este sinal!

2. Saiba respirar corretamente

Durante o trabalho de parto, o corpo, quando relaxado, pode liberar endorfinas e oxitocina, esta é mais conhecida como hormônio do amor.

Para ativar esses calmantes naturais, recomenda-se que a gestante respire corretamente, inspirando pelo nariz e expirando pela boca.

Ah, beijar a pessoa amada também é uma ótima dica para a liberação dos hormônios! 

Pode testar!


3. Mantenha a calma e vocalize

O medo da dor provoca estresse, dificultando ainda mais o processo do parto. 

O nervosismo exagerado pode causar cãibras, fazendo com que o parto fique ainda mais demorado.

Normalmente, quando sentimos dor, contraímos a mandíbula. 

Isso não pode acontecer no trabalho de parto, pois essa atitude trava o corpo da mulher. 

O ideal é realmente abrir a boca e gritar, para que o canal energético chegue até a vagina, facilitando a dilatação.

4. Não exagere nos exercícios físicos

É claro que os exercícios físicos adequados preparam as mulheres para o trabalho de parto. 

No entanto, elas não devem exagerar nos movimentos para que não fiquem exaustas na hora “h”.

Mas sabe o que é legal?

Ficar de cócoras, principalmente nos momentos de contrações.

Outra dica: dançar e sorrir bastante!

5. Faça um curso de preparação

Se for possível, faça um curso de preparação para o parto, que já existe em várias cidades.

Um curso de preparação ensina muitas técnicas importantes  para o processo de nascimento.

Geralmente esse curso é oferecido por parteiras especialistas.

Elas ensinam métodos de respiração, relaxamento e técnicas de massagem que podem ser feitas com o parceiro.

Mas não é só isso.

O curso pode dar mais coragem e autoconfiança para enfrentar o medo da dor e das complicações.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO