Frentista paga combustível de cliente e como recompensa ganha 8 anos de salário

Imagem: Reprodução

Para expressar sua gratidão ao trabalhador, a mulher arrecadou a impressionante marca de US$32.972.

Era só mais um dia normal de trabalho para Monet Van Deventer, uma mulher de 21 anos.

Ela acordou cedo para uma reunião de negócios na Cidade do Cabo, onde trabalhava como gerente de contas em uma empresa de software de hospitalidade.

Ao chegar no posto de gasolina, ela percebeu que tinha esquecido seu cartão, começando a procurá-lo rapidamente, pois precisava pegar o combustível.

Frentista paga combustível de cliente e como recompensa ganha 8 anos de salário
Manet tem a estranha sensação de que tinha esquecido seu cartão. Imagem: Reprodução

O frentista, Nkosikho Mbele, 28 anos, ocupado limpando as janelas, expressou preocupação ao ouvir que ela não poderia pagar a gasolina.

Isso porque, ele observou que o nível de combustível do veículo estava perigosamente baixo.

No entanto, o trabalhador fez um ato inesperado: se recusou a deixar Monet com o tanque quase vazio.

“Senhora, não pode ficar sem combustível na N2”, insistiu ele, oferecendo-se para pagar pelo combustível a ela.

A mulher ficou surpresa com a atitude do homem, pois ele usou seu próprio cartão bancário para pagar a gasolina.

Inicialmente, ela pensou que fosse uma promoção do posto, mas logo percebeu que era um gesto genuinamente generoso por parte do frentista.

Frentista paga combustível de cliente e como recompensa ganha 8 anos de salário
O frentista, Nkosikho Mbele paga de seu próprio cartão o combustível de Monet. Imagem: Reprodução

Repercussão do caso

A história de Monet e Nkosikho não se encerrou no posto de gasolina, pois  a mulher resolveu compartilhar a experiência nas redes sociais.

Rapidamente, a história tocou o coração de muitas pessoas, transformando-se em um símbolo de altruísmo e humanidade.

A generosidade de Nkosikho ultrapassou os limites da estação de serviço em Firgrove.

A publicação de Monet no Facebook desencadeou uma onda de reações positivas, inspirando pessoas ao redor do mundo a reconhecer e celebrar atos de bondade em suas vidas cotidianas.

Recompensa merecida

Frentista paga combustível de cliente e como recompensa ganha 8 anos de salário
O valor de US$32.972 arrecadado por Monet equivale a 8 anos de salário de Nkosikho. Imagem Reprodução.

Para expressar sua gratidão a Nkosikho, Monet organizou uma campanha de arrecadação de fundos online em reconhecimento ao gesto altruísta do trabalhador.

A ação ganhou rápida popularidade, recebendo contribuições de pessoas comovidas pela atitude do frentista.

Em pouco tempo, a arrecadação atingiu a impressionante marca de US$32.972.

Esta quantia equivalia a oito anos de salário de Nkosikho, um montante que teve o poder de transformar radicalmente sua vida

 Graças à generosidade e à iniciativa de Monet, juntamente com a solidariedade da comunidade online, Nkosikho recebeu uma recompensa inesperada e justa por seu ato de bondade.

Exemplo inspirador

A história de Monet e Nkosikho é um inspirador exemplo de como um simples ato de bondade pode desencadear uma corrente de boa vontade.

Ela ilustra que a generosidade e a empatia têm o poder de transformar o curso de um dia, tendo um impacto profundo e duradouro na vida das pessoas.

Além disso, também enfatiza a relevância de reconhecer e recompensar atos de bondade em nosso mundo.

A narrativa de Monet e Nkosikho também celebra a humanidade, a gratidão e o impacto incrível que uma comunidade pode ter ao unir-se por uma causa comum.

Veja também outras histórias comoventes: