Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Fosfatidilserina: excelente para a memória

A fosfatidilserina, um suplemento nutricional derivado da soja, renova as células cerebrais envelhecidas e melhora o desempenho mental geral, atuando no reflexo, na energia, na concentração, na memória e na vivacidade cerebral. Isso ocorre porque ela potencializa os neurotransmissores cerebrais.




O valor da fosfatidilserina como potencializadora da memória foi comprovado por diversos estudos. Pacientes com alterações de memória relacionadas ao envelhecimento receberam, durante três meses, 300 miligramas diários de fosfatidilserina e apresentaram melhora significativa da capacidade de aprendizado e nas atividades de memória.


A fosfatidilserina também é útil no tratamento da depressão relacionada ao envelhecimento. Pacientes que tomaram entre 400 e 1.200 miligramas diários de fosfatidilserina mostraram uma melhora significativa, que continuou mesmo com a interrupção do tratamento.


Por tais características, a fosfatidilserina é eficaz no tratamento do mal de Alzheimer, uma vez que melhora a atividade cognitiva, a memória e o comportamento. O interessante é que, quanto pior o estado pré-tratamento do paciente, melhores os resultados.


Outra característica da fosfatidilserina é que ela age como captadora de radicais livres e pode melhorar os ritmos circadianos de TSH (hormônio que regula a produção dos hormônios tireoidianos) em paciente idosos.


A fosfatidilserina é indicada para pessoas idosas, estudantes e profissionais interessados em manter e aumentar a capacidade mental.


É utilizada na forma de cápsulas, que devem ser tomadas três vezes ao dia, com dose variando de 200 a 600 miligramas diários.


Não se relataram efeitos colaterais.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO