quarta-feira, 25 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Fezes finas: o que pode ser quando nosso cocô fica nesse formato?

O formato, a cor e a textura das fezes podem indicar problemas intestinais. Mas quando elas estão finas é um sinal de câncer? Saiba neste artigo.

Apesar de serem excrementos e, por isso, serem totalmente ignoradas e repudiadas por muitas pessoas, as fezes podem falar muito acerca da saúde.

Muitos aspectos desse subproduto indesejado devem ser levados em consideração como sinais do corpo.

A cor, textura e formato das fezes, principalmente, podem denunciar doenças ou até indicar que a saúde de uma pessoa está indo bem.

Você sabia que, por exemplo, quando as fezes estão muito finas pode ser um sinal de câncer?

Porém, nem sempre essa condição significa câncer e, aliás, esse diagnóstico é bem raro.

Para explicar melhor esse assunto e fazer você, leitor, entender esses sinais importantes, criamos esse artigo.

Continue lendo até o final!

O que pode alterar o formato, a cor ou a textura das fezes?

Como é de conhecimento geral, as fezes são produzidas no interior do sistema digestivo, mais especificamente nos intestinos.

Sua composição é feita de alimentos ingeridos que podem influenciar na textura e até calibre dos bolos fecais.

O ritmo de funcionamento do intestino, bem como a presença de parasitas, também podem amolecer, endurecer ou dar um aspecto pastoso aos excrementos.

Além disso, a cor das fezes pode ser influenciada pela bílis, que dá aquela coloração amarronzada comum, por gotas de sangue e outros elementos ainda menos comuns no processo.

De toda forma, observar sinais nas fezes pode indicar doenças justamente porque podem haver elementos que não deveriam estar ali, como sangue, por exemplo.

Por que as fezes ficam finas e o que isso quer dizer?

O afinamento do bolo fecal acontece, geralmente, na região do reto ou do ânus, onde as fezes podem acabar sendo comprimidas de alguma forma.

Dito isto, veja abaixo alguns fatores que podem deixar as fezes finas em cada um dos locais citados.

No ânus

O ânus tem uma capacidade natural de dilatação que é utilizada quando uma pessoa vai evacuar.

Porém, existem alguns problemas que podem impedir que essa dilatação ocorra corretamente, deixando o canal anal fino de mais.

Um dos fatores que devem ser levados em consideração é o chamados anismo, uma condição que dificulta o relaxamento da musculatura anal, provocando grande esforço na hora de evacuar.

Fissuras ou lesões anais também podem impedir o relaxamento, uma vez que a musculatura do ânus se contrai naturalmente por causa da dor provocada pelas feridas.

As hemorróidas, ou qualquer outra enfermidade que venha a criar uma massa na região anal também podem estreitar o canal e provocar o afilamento das fezes.

No reto

O reto, também chamado de cólon, é um órgão localizado no final do sistema digestivo, diretamente anterior ao ânus.

O seu afilamento é bem menos comum que o do ânus, pois, apesar de também conter estruturas musculares, esse órgão geralmente é mais estático.

Porém, alguns fatores como pólipos retais e enrijecimentos provocados na região podem estreitar o canal, dando um formato fino às fezes.

O enrijecimento do cólon, por exemplo, é bastante comum em pessoas que fizeram cirurgias no trato digestivo, como colocada e retirada de bolsa de colostomia, por exemplo.

Mas e o câncer?

Como pudemos ver ao longo do artigo, existem várias outras explicações para o afilamento das fezes.

Entretanto, e infelizmente, os cânceres de reto e de ânus podem sim causar esse sintoma, uma vez que tumores podem comprimir as fezes, afilando-as.

Com isso, é seguro dizer que quando nenhum dos motivos citados acima forem observados e mesmo assim as fezes estiverem finas, o ideal é procurar um médico coloproctologista.

Apesar de pouco comum, o câncer colorretal pode ser fatal e o diagnóstico precoce faz toda a diferença para um bom desfecho.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
580,645SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,908SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -