Estudo revela quantas vezes por semana você deve lavar o banheiro

Imagem: Depositphotos

Dicas científicas para manter seu banheiro limpo e livre de germes.

O banheiro é um dos espaços mais importantes e íntimos em uma casa.

É nesse local que cuidamos da nossa higiene pessoal, realizamos necessidades fisiológicas e, muitas vezes, encontramos momentos de privacidade e reflexão.

Por essa razão, é essencial que seja um ambiente limpo, confortável e funcional.

A limpeza do banheiro é uma tarefa essencial para manter um ambiente higiênico, agradável e saudável em nossa casa ou local de trabalho.

Este espaço é frequentemente utilizado e está exposto a uma variedade de sujeiras, germes e odores desagradáveis.

Portanto, mantê-lo limpo não é apenas uma questão de estética, mas também uma questão de saúde e bem-estar.

No entanto, essa tarefa muitas vezes é negligenciada ou mal compreendida. 

Por exemplo, você sabe com que frequência deve esfregar os azulejos, higienizar a privada ou enxaguar o box do chuveiro?

Já adiantamos que a limpeza do banheiro requer equilíbrio, não devendo ser em excesso ou escassa.

Vamos esclarecer mitos e entender o que é realmente importante, pois nem tudo precisa de atenção diária, tornando a tarefa menos assustadora.

Ao focarmos nos aspectos essenciais, podemos garantir um ambiente limpo e saudável.

A ciência pode surpreender ao revelar informações sobre a saúde, como o risco de não abaixar a tampa do vaso sanitário após o uso.

Limpeza do banheiro segundo a ciência

Um estudo da revista Nature revelou que cada descarga de vaso sanitário cria aerossóis contendo microrganismos das fezes, urina e fluidos corporais.

Apesar disso, não é necessário já pegar água sanitária e sair jogando pelo espaço, pois o objetivo não é tornar o ambiente estéril, mas sim mantê-lo limpo e higiênico.

Segundo a pesquisa, os aerossóis gerados pela descarga do vaso sanitário podem transmitir doenças como SARS-CoV-2, influenza e norovírus.

Usando luz laser, os pesquisadores observaram que o jato de aerossóis pode atingir até 1,5 metro em 8 segundos.

Essa informação é relevante para engenheiros e arquitetos, pois pode ajudar a projetar banheiros mais seguros.

De acordo com a Dra. Kelly Reynolds, da Universidade do Arizona, é recomendado fazer uma limpeza completa do banheiro pelo menos uma vez por semana.

Isso ajuda a prevenir a proliferação perigosa de vírus, fungos, bactérias e outros patógenos que podem ser nocivos à saúde.

Para uma limpeza adequada, além dos pontos óbvios, como a pia e a privada, inclui também as paredes, o chão e as superfícies menos lembradas, como os espelhos.

Dessa forma, é possível evitar a presença de visitantes indesejados, bem como a sujeira e o acúmulo de resíduos.

Como fazer a limpeza correta

Lavar o banheiro pode ser uma tarefa fácil quando feito corretamente e com a frequência adequada.

Além da aparência, um banheiro limpo promove uma casa mais saudável e segura.

Portanto, coloque suas luvas, pegue os materiais de limpeza e vamos fazer o banheiro brilhar.

Porém, iremos executar essa tarefa de uma forma diferente, reduzindo ao máximo o uso de produtos químicos agressivos.

Para isso, utilizaremos produtos naturais, como vinagre branco de álcool, bicarbonato de sódio, detergente e álcool.

O vinagre branco é um excelente desengordurante, bactericida, adstringente e limpador geral.

O bicarbonato de sódio contém propriedades antibactericidas e branqueadoras, neutralizando as manchas.

Já o detergente é um produto essencial para a remoção das sujeiras gordurosas.

Enquanto isso, o álcool, vai ajudar a desinfetar e dar brilho ao vidro do box.

Confira as dicas e o passo a passo!

Azulejos da parede

Coloque água quente em um balde, adicione bicarbonato de sódio, vinagre branco de álcool e detergente.

Molhe uma escova na mistura e esfregue os azulejos de cima para baixo, focando principalmente nos rejuntes.

Use água limpa para remover a sujeira escorrida na parede, jogando-a de cima para baixo.

Box

Em um recipiente, misture 6 colheres (sopa) de álcool 70°, 6 colheres (sopa) de vinagre branco e 6 colheres (sopa) de detergente neutro.

Umedeça uma esponja macia nessa solução e esfregue suavemente no vidro do box.

Em seguida, enxágue o box com água limpa e deixe secar naturalmente.

Se achar necessário utilize um pano limpo, seco e que não solte fiapos.

Pia

Faça uma mistura com um pouco de água, vinagre branco de álcool e detergente.

Umedeça uma esponja nessa solução e esfregue a parte de cima da pia.

Na parte interna da cuba, use uma proporção maior dessa mistura – pode adicionar um pouco de bicarbonato também – e esfregue com o lado verde da esponja.

Limpe a parte metálica das torneiras e ralo com a mesma solução, evitando a parte abrasiva da esponja para não danificar o metal.

Vaso sanitário

Remova a sujeira visível utilizando água e sabão (detergente, sabão em pó ou líquido).

Em seguida, polvilhe bicarbonato de sódio em todo o vaso sanitário – dentro e fora – e deixe agir por meia hora.

Passado esse tempo, despeje um pouco de vinagre e água fervente.

Esse processo vai ajudar a dissolver a sujeira que ficou acumulada após a limpeza inicial.

Esfregue toda a extensão do vaso com uma escova sanitária ou esponja.

Limpe também as bordas e áreas de difícil acesso – lembre-se de usar luvas.

Feito isso, jogue água na parte externa para enxaguar e puxe a descarga para enxaguar a parte interna.

Deixe secar naturalmente – mas, caso queira acelerar o processo, utilize um pano seco e limpo.

Ralo

Coloque 1/2 xícara de bicarbonato de sódio no ralo, despeje 1 xícara de vinagre branco e deixe agir por 10 minutos.

Finalize enxaguando tudo com água quente.

Piso

Misture vinagre e detergente em um recipiente spray, borrife sobre o piso e deixe agir por 30 minutos.

Esfregue os azulejos com uma vassoura, enxágue e seque em seguida.

Tenha um ótimo dia e lembre-se da importância da limpeza!

Leia também: