Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

“Este suplemento alimentar destruiu completamente o meu fígado”

Acredite: mesmo um aparentemente simples suplemento alimentar pode prejudicar um órgão tão importante como o fígado.

Os benefícios do chá verde, principalmente se for orgânico, são muitos para a saúde: rico em catequinas e flavonoides, fitoquímicos responsáveis pela maior parte de suas propriedades para a saúde, protege o cérebro contra a demência, estimula um metabolismo saudável e aumenta a sensibilidade à insulina.

Mas o problema é que muitas pessoas recorrem às pílulas de extrato de chá verde (pensando ser a mesma coisa) e as consequências, nesse caso, podem ser graves.

Foi o que aconteceu com Jim McCants, de 50 anos, de Prosper, Texas.

O gerente de finanças decidiu cuidar melhor da sua saúde quando percebeu que estava se aproximando da idade em que seu pai morreu (59 anos).

Ele desenvolveu hábitos muito ativos, incorporando seis dias de exercícios em sua rotina semanal, e começou a tomar suplementos de extrato de chá verde para acelerar a perda de peso.

Então, três meses depois de começar a tomar os suplementos, o corpo de McCants começou a reagir.

Os olhos dele estavam amarelados, o rosto também, e ele parecia extremamente abatido. 

Alarmado por sua súbita mudança de aparência, McCants se internou em um hospital próximo, suspeitando de algum tipo de problema hepático. 

Perguntado sobre seu estilo de vida, foram descartados o fumo, o álcool e os medicamentos prescritos, já que McCants não usou nenhum deles.

Mas quando os médicos perguntaram sobre suplementos, as pílulas de extrato de chá verde levantaram o alerta. 

Depois de três semanas de exames e testes de diagnósticos, McCants recebeu notícias terríveis: ele precisava fazer um transplante urgente de fígado.

E o pior, não poderia esperar nem mesmo algumas semanas para fazer isso. 

Felizmente, McCants conseguiu um doador compatível em 24 horas e  sobreviveu a um transplante de fígado bem-sucedido.

Agora, quatro anos depois, vive com doença renal, dor crônica em seu abdômen e fadiga crônica. 

Mas, ainda sim, McCants é grato por sua vida e espera que os outros possam aprender com sua experiência.

Mas o que todos querem saber é:  qual é a diferença entre o chá verde e os comprimidos de extrato de chá verde?

A gente explica.

Os suplementos de chá verde são uma forma concentrada de chá verde, com altos níveis de catequinas (um tipo de antioxidante).

Galato de epigalocatequina (EGCG) é o ingrediente ativo mais significativo em extratos.

  • Uma xícara de chá verde pode ter um conteúdo de EGCG de cerca de 50mg / 100mL
  • Uma cápsula de comprimidos de extrato de chá verde tem 250mg de EGCG

A dica é: procure sempre seu médico antes de começar uma dieta maluca ou o consumo de suplementos. 

Mesmo um aparentemente simples suplemento alimentar pode fazer muito mal.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO