quarta-feira, 25 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Está com coceira nas pernas? Veja o que pode ser e o que fazer

A coceira nas pernas pode ter alguns motivos bem comuns. Saiba quais são e conheça formas naturais de acabar com o problema em pouco tempo.

É comum encontrar pessoas se queixando de coceira nas pernas.

Esse sintoma acomete pessoas de todas as idades, mas, quando persiste e é acompanhado por outros sintomas como formigamento, vermelhidão, descamação da pele e outros, pode indicar que algo está errado.

Geralmente o problema é na pele ou na circulação sanguínea e, como sempre, as pessoas recorrem a tratamentos encontrados em farmácias para amenizar os sintomas.

Porém, como sabemos, a melhor opção para toda e qualquer condição são os tratamentos naturais, com o uso de substâncias ou não.

Nesse artigo apontaremos as três principais causas de coceira nas pernas e a cada tópico mostraremos também o que o usuário pode fazer para amenizar os sintomas e até tratar o problema em casa mesmo, com o uso de medidas naturais.

Continue lendo, pois vale muito a pena!

As 3 principais causas de coceira nas pernas

Abaixo não abordaremos causas mais relativas como picadas de insetos e irritações por contato com animais e plantas, por exemplo.

Os pontos tratados fazem menção a possíveis problemas de saúde que se demonstram primeiramente como uma coceira insuportável na pele das pernas.

Esses problemas, por sua vez, podem ser amenizados com alternativas naturais fáceis de serem implementadas.

Veja!

Ressecamento severo na pele

O ressecamento na pele de todo o corpo e em especial nas pernas, é uma condição relativamente comum de aparecer, principalmente em pessoas idosas.

Na grande maioria dos casos o ressecamento grave se demonstra na forma de manchas brancas, escamas na pele e pontos de vermelhidão.

Entretanto, em alguns casos a coceira intensa nas pernas é o único sintoma de que a epiderme que recobre a região está ressecada.

Nestes casos, essas medidas podem ajudar:

Em caso de suspeita de ressecamento da pele das pernas, o acompanhamento de um dermatologista também é indicado.

Má circulação sanguínea

A má circulação sanguínea é um vilão recorrente nas histórias de muitas pessoas.

Nas pernas, que representam a região mais baixa do corpo, o problema se estende e pode ser mais grave.

Fatores como a idade avançada e o diabetes, por exemplo, prejudicam a circulação sanguínea das pernas, deixando o sangue parado por mais tempo nos membros inferiores.

Uma vez parado, o sangue acumula toxinas que causam a sensação de coceira, formigamento e de peso nas pernas.

Veja o que fazer se a má circulação atingir as suas pernas:

Dermatite de contato

A dermatite de contato é um problema que pode ganhar recorrência na pele das pernas de muitas pessoas.

A condição é caracterizada por quadros de coceira intensa, descamação e até aparecimento de feridas nas pernas.

As causas da dermatite de contato são, como o nome já denuncia, o contato com tecidos de roupas muito apertadas que façam atrito com as pernas, como calças, por exemplo.

Os seguintes atos podem ajudar no tratamento do problema:

  • Usar roupas mais folgadas e leves;
  • Aplicar misturas naturais para combater a irritação e turbinar a hidratação da pele atingida;

Em casos mais graves, quando há o aparecimento de úlceras, um dermatologista deve ser consultado.

Casos mais graves envolvendo coceira nas pernas

Infelizmente a coceira nas pernas não indica apenas condições fáceis de serem tratadas.

Em alguns casos específicos esse sintoma pode indicar problemas de saúde bem mais graves, como doenças renais, doenças hepáticas, diabetes e outros.

Se os sintomas forem presenciados junto com outros sintomas mais severos, um dermatologista ou um clínico geral deverão ser consultados.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
580,655SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,908SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -