Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Erva-mate contra o mal de Parkinson

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Cientistas da Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina contataram, ao introduzir o extrato da erva-mate em ratos induzidos à doença, que a planta protege contra o mal de Parkinson.

Em outra investigação, os animais receberam o fitoterápico aliado à medicação tradicional e os resultados foram melhores, uma vez que parte das cobaias recuperou completamente os movimentos.

O estudo, apesar de preliminar, já provou que a erva-mate pode ser utilizada para prevenir essa doença degenerativa e também como coadjuvante no tratamento.