Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Enxaqueca e alimentação

A enxaqueca é um problema muito comum. Os estudos mostram que uma pessoa em cada cinco sofre dela. Além de dor de cabeça forte, a pessoa com enxaqueca pode ter uma série de outros sintomas, como náuseas, vômitos, tonturas, visão embaraçada e formigamentos pelo corpo.

Diversos alimentos podem provocar enxaqueca, por isso é importante saber o que evitar em termos de alimentação: queijos (exceto queijo fresco), chocolate, café, qualquer tipo de álcool, qualquer alimento fermentado, alimentos contendo aspartame (um adoçante artificial), alimentos contendo glutamato monossódico (que serve para enriquecer sabor, sendo muito usado na cozinha chinesa, e que leva gente predisposta a ter uma enxaqueca denominada “síndrome do restaurante chinês”), frutas cítricas, salsicha e salame.

Tão importante quanto evitar o alimento errado é não deixar de se alimentar. Ficar muito tempo sem comer leva a uma baixa do açúcar no sangue (hipoglicemia), para a qual as pessoas que sofrem de enxaqueca são muito sensíveis.

Fonte: Medicina Natural (texto adaptado)

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO