Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Ela conseguiu se curar de uma grave doença de pele sem remédios e apenas fazendo isto!

Esta é a história de Maya.

Desde bebê, ela  sofreu com uma forma grave de eczema.

Quando tinha 1 ano, a pele escamosa vermelha estourou em todo o seu corpo, obrigando a mãe a recorrer ao tratamento recomendado pelo médico convencional para eczema: creme esteroide.

Como conselho suplementar, o pediatra do Maya também recomendou a remoção de leite de vaca de sua dieta e substituí-lo por leite de cabra (cerca de  15% das crianças  experimentam uma alergia à proteína do leite, com sintomas alérgicos comuns manifestando-se na pele).

Após fazer o tratamento, Maya melhorou, mas isso só durou um curto tempo.

Não demorou muito para ela experimentar resfriados constantes, um efeito colateral do creme esteroide.

Cremes esteróides têm uma facilidade notável de penetrar na pele, chegando à corrente sanguínea e matando as células que fornecem imunidade contra patógenos.

A mãe de Maya teve sabedoria para entender que o creme estava apenas encobrindo a doença, em vez de atacar e resolver a raiz do problema.

Quando Maya fez 4 anos, seu problema de eczema voltou com toda a força.

Sua mãe já havia decidido não usar mais o creme esteroide e recorreu a uma abordagem naturopata.

Ela "limpou" por completo a dieta de Maya, cortando leite, glúten e açúcar refinado, uma tática que se revelou benéfica.

Em pouco tempo, o problema de pele da menina desapareceu..

No entanto, quando Maya fez 7 ano, seu eczema ressurgiu e pior do que nunca.

Desta vez, contudo, Maya, também foi atacada pelo fungo cândida e parasitas.

Em desespero, a mãe de Maya partiu para reforçar a dieta, cortando também carne e ovos.

Mas seus esforços foram em vão e os sintomas só pioravam.

Depois de meses investindo numa dieta rigorosa para Maya, a mãe viu que todo o esforço foi inútil para livrar Maya da cândida.

A garota estava perdendo peso rapidamente, o que sua mãe atribuía à incapacidade do intestino da filha de absorver nutrientes.

Foi neste momento que ela pensou em voltar a tratar Maya com as drogas farmacêuticas com medo de perder a filha.

A mãe de Maya tinha tentado de tudo, mas a saúde da menina só fazia piorar.

Ela estava prestes a voltar a tratar a filha com os remédios convencionais, quando descobriu uma comunidade vegan no Instagram que postou sobre uma dieta que estava obtendo sucesso no tratamento de cândida.

Embora isso soasse "maluco" para ela, a mãe de Maya resolveu arriscar.

Ela testou durante dez dias em Maya uma dieta baseada nas diretrizes vegan.

E viu a sua filha ter uma fantástica melhora.

Ela imediatamente levou a sua família a adotar uma dieta que consistia principalmente de frutas, folhas e gorduras saudáveis, tais como abacate, nozes e sementes.

Em seis meses de dieta vegan crua, Maya ficou completamente curada, com apenas algumas pequenas manchas secas deixadas como triste lembrança na sua pele.

A garota, graças à sua dieta, finalmente leva uma vida normal.

Hoje Maya e sua família estão felizes e saudáveis, viajando pelo mundo e documentando as suas experiências em seu canal no YouTube,  o deHappy5.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM