Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Diga adeus à dor do joanete com estes remédios caseiros

Os joanetes são depósitos de sal formados a partir de problemas como gripe, amidalite, gota, metabolismo lento, má nutrição, infecção reumática e utilização de sapatos desconfortáveis.

Quem possui joanetes sofre com dor e tem dificuldade para encontrar sapatos adequados.
 
Outro problema é que, quando finalmente se encontra um calçado confortável, na maioria das vezes, as opções não são tão bonitas.
 
Por isso é muito comum as pessoas optarem por fazer cirurgias, mas esta é uma solução temporária – om o tempo, tudo volta a ser como era antes.
 
A medicina natural é poderosa e tem tratamento para tudo.
 
Assim, existem métodos bastante eficazes para pelo menos resolver o problema da dor.
 
Conheça alguns deles:
 
1. À noite, coloque em uma panela 300 ml de água e uma colher (sopa) de folhas de louro trituradas – deixe aquecer por 5 minutos.
 
Espere o chá descansar até a manhã seguinte.
 
Em seguida, peneire o líquido e beba em pequenos goles durante o dia.
 
Realize o procedimento por três dias
 
Ao fim desse período, espere passar uma semana e repita o tratamento.
 
Caso sua quantidade de urina aumente, significa que está funcionando, pois o sal do corpo começa a sair.
 
Este procedimento fará você sentir alívio e acabará com as dores.
 
 
2. Triture 5 folhas de louro e misture com 100 ml de álcool 70°.
 
Deixe descansar por uma semana e filtre o líquido.
 
Em seguida, mergulhe os pés na água quente com bicarbonato de sódio
 
Depois de alguns minutos, seque os pés e aplique o remédio de louro esfregando-o.
 
Coloque meias de algodão e deixe agir.
 
Faça isso diariamente.
 
Em dois meses, você se surpreenderá com os resultados.
 
3. Esfregue os joanetes com sabão.
 
Em seguida lave, seque e aplique iodo com algodão.
 
Cubra com um papel alumínio para manter aquecido e o iodo ser absorvido melhor.
 

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO