PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Desodorante natural: elimine o odor das axilas de forma saudável

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este desodorante utiliza ingredientes bactericidas, fungicidas e com odor agradável.

Em um país tropical como o Brasil, é comum que boa parte da população tenha alguns problemas associados ao calor.

Um deles é o suor nas axilas e, como consequência, o mau cheiro.

As grandes responsáveis por esse odor desagradável são as bactérias presentes na pele.

Ao entrar em contato com o suor, elas começam a metabolizar proteínas e ácidos graxos. 

Durante esse processo, é liberado  ácido isovalérico e o metanotiol, dois gases com odor bastante desagradável. 

Com o intuito de eliminar o mau cheiro das axilas, as pessoas recorrem aos desodorantes ou antitranspirantes.

Mas qual a diferença entre eles?

  • Desodorante: é um cosmético cuja função é desodorizar e acabar com o odor corporal.
  • Antitranspirante: atua como inibidor da transpiração, bloqueando as glândulas sudoríparas para reduzir o suor e manter o corpo relativamente seco.

Porém, os cosméticos industrializados podem causar os seguintes problemas:

Além disso, são compostos de químicos potencialmente nocivos, como o alumínio.

Segundo especialistas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o alumínio presente nos desodorantes pode estar ligado a doenças como o mal de Alzheimer e o câncer de mama. 

Por isso, é necessário evitá-los ao máximo e optar por soluções sustentáveis e mais naturais.

Portanto, aprenda a fazer um desodorante caseiro utilizando apenas ingredientes bactericidas, fungicidas e com odor agradável. 

Para essa receita, vamos usar apenas leite de magnésia e óleo essencial de alecrim (ou óleo de coco orgânico).

Leite de magnésia

O leite de magnésia tem potencial alcalino, que ajuda a combater a acidez do suor.

Desse modo, interrompe a proliferação de bactérias que causam o mau cheiro na região das axilas. 

Além disso, tem propriedades desodorantes, auxilia na redução da oleosidade e acidez da pele, restaurando o brilho.

Óleo essencial de alecrim

O óleo essencial de alecrim contém propriedades antimicrobianas, fungicidas, bactericidas, anti-inflamatórias e antimicóticas.

Portanto, atua como desodorante, pois sua ação bactericida e fungicida elimina os microrganismos que causam odores.

Observação: o óleo de coco também é bactericida, fungicida e possui ácido láurico, eliminando as bactérias que causam o mau cheiro.  

Desodorante natural

Este desodorante, além da ação bactericida que é essencial para eliminar o mau cheiro das axilas, vai deixar a pele hidratada.

Ingredientes:

  • 50 ml de leite de magnésia
  • 20 gotas de óleo essencial de alecrim
  • 1 frasco roll on vazio

Modo de preparo:

Agite bem o leite magnésia ainda em sua embalagem original e transfira a quantidade para o frasco de roll on.

Em seguida, adicione 20 gotas de óleo essencial de alecrim ou, caso não tenha, substitua por uma colher (chá) de óleo de coco.

Agite bem (toda vez que for aplicar) para misturar os dois ingredientes e passe nas axilas.

Geralmente ele seca muito rápido, porém às vezes fica aquele “líquido” grudento.

Para evitar isso, você pode passar um pouquinho de talco de bebê nas axilas após a aplicação.

Este desodorante natural pode ser utilizado por homens e mulheres.

Importante

Nunca use este desodorante logo após a depilação das axilas, pois irá obstruir o poros e folículos, podendo causar foliculite

Aguarde, portanto, um ou dois dias para iniciar o uso.

Foliculite: é uma infecção na pele que inicia nos folículos pilosos, geralmente ocasionada por uma infecção bacteriana ou fúngica.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.