Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Depressão – tratamento natural

O tratamento da depressão de forma natural e permanente pode ser a chave para ter uma vida saudável e feliz novamente. A depressão pode prejudicar toda a nossa vida, incluindo o rendimento no trabalho, relacionamentos, esportes e vida social em si. Assumir o problema e procurar tratamento é uma decisão extremamente importante. A depressão pode ser causada por desequilíbrios químicos associados com o corpo físico ou ser resultado de um estresse mental, que pode afetar a saúde de forma profunda.
Tomar remédios antidepressivos pode proporcionar um alívio temporário dos sintomas, mas geralmente eles causam danos incalculáveis para a saúde física. O caminho natural pode ser uma saída, pois traz bons resultados sem efeitos secundários prejudiciais. No entanto, deve-se observar que cada pessoa pode ter melhores resultados com um tipo de tratamento em especial.
O tratamento da depressão na medicina alternativa
Pesquisas comprovaram que a medicina alternativa, usada isoladamente ou em conjunto com medicamentos convencionais, pode significar uma redução na quantidade de medicamentos necessários para o tratamento da depressão, bem como dos sintomas depressivos.
Uma das maiores descobertas nos últimos anos tem sido a constatação de que a vitamina D pode afetar o humor, especialmente em pessoas que foram diagnosticadas com a deficiência, que causa transtorno afetivo sazonal (TAS), uma depressão que aparece nos meses de inverno, quando há falta de sol. A deficiência também ajuda na perda de massa óssea, causando osteoporose, uma vez que o corpo necessita de uma quantidade suficiente de vitamina D para absorver o cálcio.
Os níveis de serotonina muito baixos podem desempenhar um papel importante no humor e pesquisadores acreditam que isso pode levar à depressão, ao transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), à ansiedade ou a ataques de pânico.
Outros remédios naturais e suplementos que ajudam a combater os sintomas depressivos e a regular os níveis de serotonina e a função do cérebro são:
– 5-HTP, um precursor da serotonina.
– Vitaminas do complexo B, cujos níveis baixos no organismo podem causar depressão. As vitaminas do complexo B ajudam a transformar a proteína proveniente da alimentação em serotonina, um hormônio do “bem-estar”, que também está presente em muitos remédios tradicionais para depressão. Pesquisadores descobriram que as deficiências de folato e de vitamina B-12 podem estar entre as causas da depressão. Estes nutrientes também tendem a ajudar a medicação antidepressiva a funcionar melhor.
– Óleo de peixe ômega-3 – melhora a comunicação entre as células do cérebro. Adicionar ômega-3 na dieta faz com que haja no cérebro um equilíbrio de gorduras consideradas saudáveis. Os ácidos graxos ômega-3 são muito importantes para a construção de um cérebro saudável.
Outras indicações para tratar a depressão naturalmente são acupuntura, meditação (ajuda a controlar o estresse e traz muitos outros benefícios), exercícios físicos (liberam endorfina – estimulantes naturais), além de um bom sono, para reduzir o estresse.
Uso da homeopatia
O tratamento homeopático é baseado na procura da causa de cada depressão específica. Se a causa para o início da depressão não é detectada, o tratamento homeopático é baseado em sintomas pessoais. Todo mundo é um indivíduo único, bem como todos os sintomas são únicos.
Um dos principais remédios homeopáticos para a depressão causada pela dor é Ignatia amara. A Ignata também pode ajudar a tratar distúrbios psicológicos causados por vários motivos, como separação, perda de emprego e até mesmo experiências de abuso.
A Pulsatilla é um tipo de remédio homeopático que pode beneficiar pessoas inclusive com a depressão bipolar, que possuem variações repentinas de humor. Pessoas com baixa autoestima podem se beneficiar da Natrum murlatlcum. Este remédio homeopático pode ajudar pessoas com tendência a muito choro, além de ajudar a liberar ressentimentos.
Pessoas deprimidas, independentemente da causa, podem levar mais tempo para perceber uma mudança com base na gravidade da depressão.
Ervas
Ervas sedativas como camomila, erva-cidreira e aveia podem diminuir as tensões nervosas e elevar o estado de espírito.
A lavanda misturada com flores de borragem em preparações herbais pode ser um bom remédio natural para a depressão.
O hipérico, conhecido também como erva-de-são-joão, talvez seja a erva mais conhecida no tratamento de depressão. Estudos sugerem que o fitoquímico presente na erva, a hipericina, pode ter monoamina oxidase, que auxilia nessa condição. A erva também parece influenciar nos níveis de dopamina e norepinefrina do cérebro, substâncias que podem inibir a produção e o funcionamento do neurotransmissor serotonina, uma das responsáveis pela sensação de bem-estar no cérebro. Embora também usado, o hipérico é menos eficaz no tratamento das oscilações de humor, depressão bipolar e no tratamento do transtorno afetivo sazonal. A erva é utilizada de várias maneiras, como cápsulas, chá ou tintura.
Existe um fitoterápico muito bom chamado Ansiodoron, que vem em gotas ou comprimido. É muito seguro e ajuda nos distúrbios do sono e da ansiedade. Pode ser usado também por crianças.
Aromaterapia
A aromaterapia é também uma alternativa útil para ajudar a produzir mais sentimentos positivos. Para apoiar a cura emocional, o toque em forma de massagem pode melhorar muito a recuperação. Para o tratamento da depressão, escolha tônicos estimulantes e óleos essenciais, como jasmim e angélica, que podem ser usados pelo menos três vezes por semana em banhos e massagem nos pés. O óleo essencial de jasmim age como um sedativo para os nervos e ao mesmo tempo é muito estimulante, antidepressivo e produz um cheiro muito agradável e positivo. O perfume de rosas cria uma sensação de bem-estar e leve euforia e há muito tempo é reconhecido como um bom antidepressivo.
Seja qual for a opção no tratamento da depressão, lembre-se de que a força de vontade interior pode ser o maior dos aliados na cura. Acreditar que a cura da depressão é possível pode ser um grande começo.
             
Fonte: Plantas Medicinais e Fitoterapia (texto adaptado)
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM