- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Consuma estes 5 alimentos e elimine o excesso de ácido úrico

O excesso de ácido úrico no organismo pode provocar o aparecimento de condições incômodas. Veja como evitá-lo por meio da alimentação.

O ácido úrico é um subproduto gerado pela digestão das proteínas.

Em condições normais, a substância é eliminada pela urina e não causa risco de comprometimento de nenhuma função do organismo.

Entretanto, em alguns casos o ácido úrico pode permanecer no corpo, acumulando-se na corrente sanguínea e principalmente nas juntas.

O excesso de ácido úrico é um dos motivos para o aparecimento de doenças como a gota e a formação de cálculos renais, por exemplo.

Em casos mais graves, a substância pode ocasionar doenças graves como infarto e AVC.

Por tudo isso, o ideal é realmente expelir o seu excesso.

Uma forma de regular os níveis desse subproduto no corpo é ingerindo alimentos que ajudam os rins a metabolizá-lo e eliminá-lo.

Neste artigo, nós elencamos 5 destes alimentos para que você os conheça e os inclua em sua dieta.

5 alimentos que ajudam a eliminar o ácido úrico do organismo

Fique atento aos itens desta lista.

Alho

Consumir o alho cru, como tempero ou na forma de chá, é uma das melhores formas de desintoxicar o sangue e todo o organismo.



Nessa desintoxicação, os rins são auxiliados a expelirem substâncias que podem ser nocivas ao corpo, como o ácido úrico e o sódio, por exemplo.

Cenoura

A cenoura é uma ótima fonte de betacarotenos e outros tipos de antioxidantes, que ajudam na depuração do sangue.

Sendo assim, consumir esse tipo de raiz também auxilia na eliminação do excesso de ácido úrico.

Laranja

A alta quantidade de vitamina C e outros nutrientes importantes presentes na laranja são um ótimo suplemento para o sangue.

Com uma boa suplementação, a circulação é melhorada e as partículas de ácido úrico, gorduras e outros componentes indesejados são eliminadas mais facilmente da corrente sanguínea.

Limão

O limão é um conhecido e poderoso alcalinizante natural.

Entre os seus “poderes” está o de “afinar o sangue”, que nada mais é que uma limpeza geral na corrente sanguínea.

Essa propriedade é importante, inclusive, para a estabilização da pressão arterial, pois as toxinas que por vezes penetram na corrente sanguínea podem causar hipertensão ou hipotensão.

Pepino

O pepino possui cerca de 96% de água em sua composição, fator que o coloca como uma das melhores leguminosas no quesito hidratação.

Quanto mais hidratado o corpo está, mais facilmente a corrente sanguínea flui, o que também ajuda a eliminar toxinas do organismo.

Por isso, o consumo regular de pepino em saladas e outros pratos é uma boa forma de manter os níveis de ácido úrico baixos no organismo.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
583,797SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,927SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -