Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Conheça os segredos de Janice Lorraine para ter saúde e um corpo musculoso aos 75 anos de idade

A australiana Janice Lorraine não é uma senhora comum.

Aos 75 anos, acumulou 23 títulos de musculação em pouco menos de 20 anos.

Lorraine começou a praticar treinamento de força e resistência ao peso somente aos 55 anos de idade e foi para combater os sinais de envelhecimento.

Tudo começou quando ela viu uma idosa ter dificuldades para andar.
 
Aquela situação despertou a australiana e até hoje ela frequenta a academia três vezes por semana e tem uma dieta balanceada.

Quando não está nas máquinas de treinamento, ela caminha.

Para que tudo dê certo, a dieta é composta principalmente de saladas, uma pequena porção de batata-doce e frango grelhado, peixe ou bife.

Nenhum alimento é processado e não são adicionados molhos ou condimentos.

Lorraine costuma desfrutar de um copo de vinho durante o jantar.

Além disso, consome um quadrado de uma barra de chocolate amargo, sem açúcar, com alto teor de cacau.

As vantagens, segundo ela, são inúmeras:

  • Autoestima elevada
  • Força
  • Saúde
  • Disposição
  • Rejuvenescimento

Ela quer encorajar todas as mulheres a ter uma vida mais saudável, sem esteriótipos.

A ideia é garantir que todos envelheçam bem.

Para isso, é necessário seguir algumas instruções:

1. Previna a perda muscular

A sarcopenia, ou perda muscular, afeta um em cada dez adultos com mais de 50 anos de idade.

Alguns fatores que contribuem para a sarcopenia são um estilo de vida sedentário, uma dieta deficiente em calorias e proteínas, inflamação e estresse.

Para evitar o problema, não seja sedentário, faça atividades físicas.

O exercício previne e até mesmo reverte a perda muscular.

Isso inclui treinamento de resistência, força e caminhadas.

As mulheres com mais de 40 anos devem praticar atividade física semanalmente.

Além disso, uma dieta balanceada é fundamental.

Consuma calorias suficientes e alimentos ricos em proteínas para diminuir a taxa de perda muscular.

Os especialistas recomendam consumir de 25 a 30 gramas de proteína em cada refeição.

Aminoácidos,  vitamina D , ômega 3 e suplementos de creatina também podem ajudar a combater a sarcopenia quando combinados com exercícios.

2. Evite a perda de densidade óssea

Após os 30 anos de idade, a reabsorção óssea aumenta e a formação diminui.

A osteopenia é classificada como baixa massa óssea e pode levar à osteoporose.
 
Para quem não sabe, a osteoporose é uma deterioração estrutural do tecido ósseo.

Esta doença leva a ossos frágeis com alto risco de fraturas de quadril, coluna e punho.

É claro que o sexo, a idade, etnia e história da família não podemos evitar.

No entanto, fatores como tabagismo e consumo excessivo de álcool devem ser cortados da sua rotina.

Procure fazer caminhada, correr, jogar tênis, dançar e levantar pesos.

Tenha o costume de subir escadas em vez de usar elevadores.

Isso também ajuda.

Além de tudo, consuma uma dieta rica em cálcio, vitamina D e magnésio.

Essas três vitaminas e minerais trabalham em conjunto para aumentar a força dos ossos em qualquer idade.

3. Cuide da saúde cardiovascular

O maior fator de risco para doença cardiovascular é a idade.

Alterações funcionais, estruturais, celulares e moleculares à medida que envelhecemos podem estar ligadas à insuficiência cardíaca e à fibrilação atrial (arritmia).

A boa notícia é que a atividade  aeróbica moderada promove boa saúde do coração.

Caminhada rápida, correr e dançar também são boas opções.

Realize também atividades de fortalecimento muscular (pernas, quadris, costas, abdome, ombros, peito e braços) pelo menos dois dias por semana.

Coma uma dieta saudável de frutas, legumes, grãos ricos em fibras, peixe, nozes, legumes e sementes.

Controle sua ingestão de sódio e açúcar: evite excessos.

4. Cuide da saúde do cérebro

Envelhecer também inclui riscos para a saúde do cérebro.

A perda de memória é uma parte comum do envelhecimento.

Além disso, lesões na cabeça, devido a quedas, podem causar comprometimento cognitivo.

O consumo excessivo de álcool e certos medicamentos podem afetar o funcionamento do cérebro.

Para piorar, o fumo faz com que as artérias se estreitem.

Se um coágulo de sangue se forma no cérebro, o resultado é um derrame.

Um derrame pode levar ao comprometimento da função cerebral.

Segundo estatísticas, um em cada três idosos morre com Alzheimer ou outra demência.

Veja o que você pode fazer para prevenir a doença de Alzheimer:

  • Leia
  • Faça cursos
  • Aprenda novas habilidades

Os cientistas descobriram que as células nervosas são estimuladas por atividades inteligentes e que o envolvimento em tarefas mentalmente estimulantes pode até mesmo ajudar o cérebro a gerar novas células.

Além dessas atividades, invista em  frutas, legumes, grãos e carnes magras.

Reduza o consumo de açúcar e sal.

E é  muito importante beber bastante água ao longo do dia.

Muitos centros médicos para idosos têm programas projetados para vários níveis de exercício.

Veja que Lorraine cuidou tanto da saúde física quanto da saúde mental.

Mas atenção: antes de iniciar qualquer tratamento, consulte seu médico.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO