Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como vencer os distúrbios do sono em crianças

EM BEBÊS

Alguns bebês acordam a cada uma ou duas horas à noite para comer ou localizar a chupeta, pois associam o ato de sugar ao ato de dormir.

Em certos casos, um simples chá de camomila antes de o bebê ir para a cama resolve. Em outros, porém, é preciso mudar o hábito, pois dormir bem é ótimo para todos, sobretudo para os pais, que vão trabalhar no dia seguinte. É aí que entra a técnica da remoção gentil. Essa técnica me salvou, pois não havia chá que fizesse meu filho dormir.

Técnica da remoção gentil
Quando o bebê acordar, dê a chupeta, a mamadeira ou o amamente. Mas em vez de resolver tudo e voltar para a cama ou deixar que ele adormeça no peito, deixe-o sugar por alguns minutos, até que o ritmo diminua e ele comece a relaxar para dormir. Nessa hora, interrompa a sucção com o dedo e gentilmente retire a chupeta ou o bico.

Quase sempre, e sobretudo nas primeiras vezes, o bebê vai se assustar e se voltar para o bico. Tente muito gentilmente manter a boquinha dele fechada, colocando seu dedo sob o queixo do bebê, mantendo uma pequena pressão, ao mesmo tempo que o vai acalentando ou ninando. Tente conversar com ele, dizendo que quando está escuro é hora de dormir. Se ele lutar contra isso e chorar pedindo o alimento ou a chupeta, vá em frente e dê a ele o que ele quer (chupeta, mamadeira ou o peito), mas repita o processo tantas vezes quanto for necessário até que ele adormeça.

Quanto tempo devo esperar até retirar a chupeta, o peito ou a mamadeira?
Cada bebê é diferente, mas cerca de 10 a 60 segundos entre as retiradas normalmente funciona. Você também deve observar o ato de sugar do seu bebê. Se ele suga com força ou engole regularmente quando está sendo alimentado, espere mais alguns minutos até que ele diminua o ritmo. Normalmente após o primeiro impulso de atividade o bebê vai diminuir para um ritmo mais relaxado. Essa é uma boa hora para começar a técnica da remoção gentil.

Isso pode levar de duas a dez (ou até mais) tentativas, mas eventualmente o bebê vai adormecer sem a chupeta ou o bico na boca. Quando isso acontecer um número de vezes por um período de dias, você vai notar que a técnica da remoção vai ficar muito mais fácil e as acordadas durante a noite serão menos freqüentes.

Se o bebê não dorme bem durante o dia, não se preocupe em utilizar a remoção gentil para os cochilos nesse horário. Só quando o bebê começar a dormir melhor durante a noite é que você deve trabalhar em relação aos cochilos do dia.

A melhor hora para usar a técnica da remoção gentil é o primeiro adormecer da noite.

Pare de alimentar um bebê adormecido

Os bebês produzem sons enquanto dormem. E esses sons não significam que ele precisa da mãe. Os bebês gemem, grunhem, fungam, resmungam e até choram enquanto dormem.

O próximo passo para ajudar o bebê a dormir por períodos maiores é determinar a diferença entre os barulhos do sono e o choro de quem está acordado. Quando ouvir um barulho, pare, espere e olhe. Quando ouvir atentamente os barulhos do bebê e observar, você vai aprender a diferença entre os ruídos do sono e os ruídos do tipo “estou acordando e preciso de você agora”.

Mudando a rotina
Geralmente nós temos uma rotina que seguimos com nosso bebê desde o nascimento. O passo final antes de dormir é sempre amamentar ou dar uma mamadeira. Alguns bebês continuam com esse padrão e ainda dormem durante a noite. Outros, entretanto, precisam de uma mudança nesse último passo antes de conseguir dormir a noite toda.

Use massagem, carinhos ou músicas de ninar para ajudar o bebê a adormecer. Eventualmente esses passos vão substituir a mamada ou a mamadeira, e aos poucos o bebê vai dormir por períodos mais longos.

Tenha muita paciência
Entenda que a aparente falta de habilidade do seu bebê em dormir sozinho não é culpa dele. Ele vem fazendo as coisas dessa maneira desde que nasceu e ficaria completamente feliz em manter tudo como está.

Pense que você faz isso com o objetivo de ajudá-lo a se sentir amado e seguro enquanto descobre formas de adormecer sem precisar de você – mas não o deixe chorando sozinho no escuro.

Seja paciente, siga as sugestões para ajudar seu bebê e quando menos esperar ele estará dormindo como um anjinho. E você também.

Texto adaptado do site Soluções para Noites sem Choro (solucoes.multiply.com).

EM CRIANÇAS MAIORES

Tente dar um chazinho de folha de laranja, camomila ou erva-cidreira duas horas antes de elas irem para a cama.

Para crianças mais difíceis, há alguns fitoterápicos líquidos à base de passiflora (Passiflora incarnata), pilriteiro (Crataegus oxyacantha) e salgueiro-branco (Salix alba) ou à base de aveia (Avena sativa), maracujá-doce (Passiflora alata) e valeriana (Valeriana officinalis).

Dos que conheço, o gosto não é muito convidativo para crianças. Por isso, prefira aqueles em gotas, que são mais concentrados e podem ser adicionados a outros líquidos.

Atenção: a valeriana é muito eficiente, mas é contra-indicada para crianças com menos de 12 anos. Portanto, prefira os fitoterápicos que tenham valeriana e outras ervas e evite dá-lo à criança toda noite. Certifique-se antes se ele é indicado para criança.

Dar um banho morno antes deitar, contar uma história e fazer uma massagem com óleo vegetal nos pés também ajuda.

Outra dica é fazer uma leve pressão na região da testa entre as sobrancelhas. Isso acalma e relaxa.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM