Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Como tratar naturalmente pé-de-atleta (e candidíase)

Pé-de-atleta

Existem tratamentos caseiros muito eficazes para pé-de-atleta, que é causado por um fungo.

O pé-de-atleta (também conhecido como frieira) é causado por um fungo e pode ser eliminado com uma simples solução de cravo-da-índia, que resolve eficientemente problemas de pele relacionados a fungos, como frieira e unha “oca”.

O óleo de copaíba também é muito eficiente contra fungos.

Estudos clínicos comprovaram que ele combate pé-de-atleta muitas vezes até melhor que as drogas farmacêuticas antifúngicas habituais.

Basta aplicar diretamente no fungo uma ou duas vezes ao dia.

Seque bem os pés depois do banho, pois o fungo não se desenvolve em ambiente seco.

É bom lembrar que doenças na pele causadas por fungos geralmente indicam candidíase no organismo.

cne, pequenos tumores na pele, pé-de-atleta e outras doenças do gênero são indícios de que está na hora de fazer uma dieta e fortalecer o sistema imunológico para evitar que doenças mais sérias apareçam.

O que fazer

  • Dê preferência a frutas e vegetais crus, carnes magras, legumes e grãos integrais, que devem ser bem mastigados.
  • Beba muita água.
  • Evite uma dieta rica em açúcar, o alimento predileto das leveduras e dos fungos.
  • Reduza o consumo de alimentos gordurosos e bebidas com cafeína.

Suplementos alimentares e ervas

  • Ácidos graxos essenciais: Promovem a cura da pele. São encontrados na semente de linho e no óleo de peixe.
  • Alho: É usado há séculos contra infecções virais, bacterianas e parasitárias, além de prevenir infecções, sobretudo as contraídas por picada de inseto. Diversos estudos comprovam que o alho mata o fungo do pé-de-atleta.
  • Clorofila: Purifica o sangue e facilita a remoção das toxinas causadas por bactérias e fungos. Tome bastante suco fresco de folhas verde-escuro (couve, salsão), que pode ser misturado com maçã, cenoura, beterraba.
  • Pau-d’arco (Ipê-roxo): Tem propriedades antifúngicas e protege contra o Schistosoma mansoni, infecção causada por vermes que penetram a pele. Pode ser tomado em cápsulas ou como um chá forte.
  • Lactobacilos acidófilos: Mantêm o bom funcionamento dos intestinos e repõem bactérias úteis que podem ajudar a inibir o crescimento de organismos patogênicos. São encontrados em iogurte com culturas ativas e vivas, na forma líquida ou em tabletes.
  • Água de coco bem fresco: É antiviral, adstringente e antifúngico.
  • Óleo essencial de tomilho: Ajuda a combater infecções e acalmar a inflamação. Misture seis gotas em um copo de água e esfregue nos pés pelo menos três vezes ao dia.
  • Orégano: Excelente antifúngico. Fazer o chá de orégano da seguinte maneira: coloque um litro de água no fogo; quando ferver, adicione uma colher de sopa da erva, desligue o fogo e abafe. Tome em média três xícaras de chá durante o dia. O chá de orégano é ótimo nos casos de candidíase em geral e também para eliminar alguns vermes. 
  • Vitamina A: Estimula o sistema imunológico e ajuda na regeneração da pele.
  • Vitamina C: Ajuda a fortalecer o sistema imunológico e é importante para a regeneração do tecido conectivo e o fortalecimento da parede capilar.
  • Vitaminas do complexo B: Reparam os tecidos e estimulam as defesas imunológicas.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO