- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Como tratar e cuidar piercing inflamado para evitar complicações

Veja alguns cuidados diários para evitar complicações, cicatrizar o local e acelerar a recuperação de piercing inflamado.

O piercing tornou-se um acessório comum entre as pessoas e, hoje em dia, não é mais novidade encontrar alguém com um ou mais em diferentes partes do corpo.

No entanto, segundo uma publicação da Universidade Metodista de São Paulo, a má higiene no local pode causar inflamações e evoluir para câncer. 

Mas, se você fizer o procedimento com um bom profissional e praticar os pós-cuidados, dificilmente irá sofrer alguma complicação.

Lembrando que é comum nos dois primeiros dias após a colocação ocorrer um pequeno inchaço, vermelhidão, dor leve e a presença de secreção transparente no local.

Porém, caso esses sintomas permaneçam por mais de três dias ou fiquem mais intensos, pode ser que algumas bactérias tenham invadido o local e se proliferado.  

Por isso, procure um médico ao perceber os seguintes sinais:

  • Dor forte e vermelhidão ao redor do piercing;
  • Aumento no inchaço e sensibilidade no local, mesmo em toques leves;
  • Secreção com pus de cor branca, amarela ou esverdeada;
  • Está com febre, sensação de fraqueza e/ou mal-estar. 

Tratamento para piercing inflamado

Se você percebeu os sinais comuns de piercing inflamado, siga alguns cuidados diários para evitar complicações, cicatrizar o local e acelerar a recuperação.

Lave as mãos

Antes de tocar a pele, principalmente na região onde foi colocado o piercing, lave bem as mãos.

Isso porque, elas carregam várias bactérias que podem entrar na ferida aberta, se proliferar e prejudicar a cicatrização.

Lave o local do piercing e use soro fisiológico

Não é apenas pelas mãos que a sujeira e as bactérias chegam à região da cirurgia, mas também pelo ar, poeira, suor e roupa.



Portanto, é de extrema importância manter o local do piercing bem limpo e seco. 

Recomenda-se lavar três vezes ao dia com água corrente e sabão neutro ou antibacteriano. 

Depois seque bem com uma toalha limpa, macia ou com uma compressa de gaze, afinal, um local úmido é propício para a proliferação de bactérias.

Em seguida, após essa higiene, faça uma limpeza cuidadosa com soro fisiológico e gaze (ou algodão).

Esse procedimento ajuda a remover as “casquinhas endurecidas” que se formam através da secreção transparente.

Além disso, evite praticar atividade físicas nos primeiros dias após a perfuração, use roupas folgadas e com tecido leve, facilitando, assim, a transpiração da pele.

Não use cosméticos no local

Além dos produtos descritos para a higiene, não aplique algum tipo de cosmético no local do piercing, apenas pomadas recomendadas pelo médico.

Também não passe produtos naturais como mel, babosa (aloe vera) ou outros remédios caseiros sem indicação de um profissional.

Isso porque, eles podem causar ainda mais irritação no local e prejudicar o processo de cicatrização.

Evite qualquer tipo de atrito com o piercing

Qualquer tipo de atrito com o piercing deve ser evitado, caso contrário, poderá piorar a inflamação e causar uma lesão no local.

Dessa forma, evite roupas com acessórios e tome cuidado na hora de dormir para não se deitar sobre o piercing. 

Consuma alimentos saudáveis

Alimentos remosos, industrializados e/ou processados prejudicam o processo inflamatório e a cicatrização.

Por isso, evite frituras, salgadinhos, refrigerantes, bebidas alcoólicas e doces.

Opte por manter uma alimentação saudável e equilibrada para acelerar o processo de recuperação, incluindo alimentos com propriedades anti-inflamatórias, como: 

  • Alho; 
  • Cúrcuma;
  • Gengibre;
  • Brócolis;
  • Acerola;
  • Laranja;
  • Atum;
  • Salmão.

Cuidados para evitar o piercing inflamado

Um dos principais motivos para a inflamação do piercing está relacionado com a limpeza da pele antes e após a perfuração.

A pele precisa estar bem limpa e os materiais completamente esterilizados, por isso, procure um profissional capacitado e que atenda todas as exigências sanitárias.

Após a colocação, tome os cuidados indicados acima, principalmente de higiene, para evitar a infecção por bactérias. 

Cuidado com a escolha do metal e a vacinação

É fundamental conhecer seu histórico de alergia aos metais, pois, o material do piercing pode causar reações e até rejeição do organismo.

Por exemplo, o aço inoxidável é um dos mais recomendados, porém, quem sofre de alergia ao níquel não pode usar.

Outros metais que também são indicados e dificilmente causam problemas, são o ouro, prata, nióbio e titânio.

No entanto, fique sempre atento a qualquer reação após a colocação do piercing, se notar algo de diferente procure o profissional que fez o procedimento e um médico.

Além disso, é necessário estar com a carteira de vacinação atualizada, principalmente com as vacinas da hepatite e tétano.

Isso porque, os procedimentos que envolvem algum ato cirúrgico (corte da pele) correm um risco maior de infeccionar.

Cuidados com o piercing em cada parte do corpo

Apesar das dicas de higiene e cuidados serem essenciais, é fundamental cuidar do piercing em cada parte do corpo.

  • Orelha: nos primeiros meses evite dormir sobre o lado do piercing.
  • Boca: aposte em alimentos frios, gelados e macios nas primeiras duas semanas após a colocação do piercing e use enxaguante bucal após escovar os dentes.
  • Nariz: assoe o nariz várias vezes ao dia, porém, com um lenço e sem apertar, evitando assim contato com o piercing para não transportar sujeira.
  • Sobrancelha: evite produtos de beleza como como base, corretivo e maquiagem, nessa região nos primeiros meses.
  • Umbigo: evite dormir de barriga para baixo, principalmente nos primeiros 30 dias após a colocação, e use roupas largas para evitar o atrito.
  • Região genital: faça a higiene íntima três vezes ao dia com água morna e um sabonete íntimo. Durante o primeiro mês após a colocação, use roupas íntimas de algodão e largas.
  • Dedo: não é muito comum, mas caso use o acessório no dedo, coloque sempre uma luva quando for usar produtos de limpeza e lave as mãos várias vezes ao dia com sabão de glicerina.
- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
583,797SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,927SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -