Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Como se livrar de uma espinha de peixe presa na garganta

Em dias de calor, um peixe frito com uma saladinha e um suco refrescante cai bem, não é?

O problema é quando o peixe tem muita espinha e a gente acaba ficando com uma presa na garganta.

Se você já passou por isso, então sabe como é desesperador!

Além de ser doloroso, perdemos imediatamente a vontade de comer.

Numa situação dessa, muita gente não sabe o que fazer, pois não consegue deglutir e pode até ficar com dificuldades para respirar.

Felizmente, há algumas dicas que podem ajudar bastante nassas horas de grandes desconforto.

Veja:

1. Tosse

Se sentir a espinha furando a garganta, você deve tossir.

Essa é a primeira reação do nosso corpo para nos proteger.

Tussa por alguns minutos para o ar sair do pulmões e jogar a espinha para fora.

2. Beba azeite de oliva

Se a tosse não ajudar, então  beba um pouquinho de azeite de oliva.

Ele serve como lubrificante e deve soltar a espinha da sua garganta.

3. Tome um gole de vinagre

Outra opção é tomar um pouco de vinagre diluído na água.

Isso é bom porque o vinagre dissolve a espinha, que é frágil e fina.   

O problema é que essa dica leva um tempo para fazer efeito.

4. Pão com água morna

Esta dica é antiga: molhe um pedaço de pão em um pouco de água morna ou leite.

Pode ser com água fria também, mas o efeito não é tão rápido.

O que acontece é que o pão fica viscoso e ajuda a remover a espinha.

5. Água morna com sal e limão

Experimente um gargarejo com água morna com um pouco de sal e suco de limão.

Isso, além de ajudar a remover a espinha, vai proteger a sua garganta.

6. Nozes

Sabemos que elas não são baratas.

Mas, se por acaso, você tiver nozes na sua despensa e estiver com uma espinha presa na garganta, coma um punhado dela e depois beba dois copos de água.

Esta é outra solução caseira muito eficaz.

Importante:

Se nenhuma dessas dicas funcionar, não perca tempo – procure logo uma emergência médica.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM