Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Como saber se o sal do Himalaia é verdadeiro ou falsificado – você não vai ser mais enganado!

O sal do Himalaia é famoso pelos seus maravilhosos benefícios.

Além de ser integral, riquíssimo em minerais, esse ingrediente pode:

– Auxiliar na saúde vascular;

– Ajudar na função respiratória;

– Promover o equilíbrio do pH estável dentro das células

– Reduzir os sinais de envelhecimento

Há muitas outras vantagens em consumir o sal rosa, mas a maior questão desta matéria é alertar sofre a falsificação, que está cada vez maior no Brasil.

Você acredita que estão falsificando o sal do Himalaia?

Isso mesmo!

Como se trata de um dos melhores sais do mundo, o preço é, de fato, “salgado”.

Um quilo de sal do Himalaia pode chegar a custar até R$ 100,00.

Mas quem consome um quilo de sai num mês?

Considere também que esse sal salga duas vezes mais do que o refinado.

Portanto, vale a pena!

Para saber se o que você comprou é o sal do Himalaia verdadeiro, faça os seguintes testes:

1. Observe o preço: se tiver muito barato, desconfie.

2. Observe o tipo de cristal: o sal verdadeiro costuma ser mais sequinho, pois é extraído de minas secas.

3. Observe a cor: o verdadeiro sal do Himalaia é mais clarinho do que o falsificado.

O teste infalível para comparar os sal verdadeiro do falso é colocar cada um num copo com água.

Feito isso, mexa bem com a ajuda de uma colher.

Se o seu sal for falso, ele vai deixar o copo de água bastante escuro, um pouco avermelhado.

Por outro lado, se for verdadeiro, a água vai continuar branca.

VÍDEO – PESQUISADOR ESCLARECE A POLÊMICA DO FLÚOR NO SAL DO HIMALAIA

O que acontece é que pegam o sal marinho e colocam corante, para enganar as pessoas.

Ah, também é bom destacarmos uma polêmica em especial que criam em torno do sal do Himalaia: o flúor.

Todos nós sabemos que o flúor faz mal à saúde.

No entanto, a presença dele no sal rosinha é muito pequena, insignificante.

Para que ele passe a fazer mal, é preciso consumir uma quantidade absurda, o que é humanamente impossível.

Só quem provou sabe o quanto o sal do Himalaia é realmente mais salgado do que o tradicional.

E, por isso, usa-se uma menor quantidade para salgar os pratos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM