Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Como preparar um protetor solar caseiro, 100% livre de química nociva

Preparar um protetor solar caseiro não é difícil, mas existem alguns segredos e cuidados.

Você já parou para pensar que seu protetor solar de uso diário pode não fazer todo o efeito que você espera dele?

Os naturebas mais extremistas concordam que a maioria dos filtros solares não ajuda a evitar o câncer de pele.

Ao contrário, podem até aumentar as chances de surgimento da doença. 

Faz sentido: é que muitos dos protetores solares convencionais contêm ingredientes tóxicos ou produtos químicos desreguladores endócrinos que, em muitos casos, podem realmente promover o crescimento do câncer de pele e a produção de radicais livres no organismo.

Na verdade, mesmo com o uso do filtro solar começou, as taxas de câncer de pele não estão caindo: no Brasil, o câncer de pele representa 30% dos tumores malignos diagnosticados,

E atenção: até mesmo os filtros solares naturais e comercialmente disponíveis têm ingredientes tóxicos! 

E não só a vida humana pode estar em risco.

Pesquisas recentes mostram que compostos presentes em muitos tipos de filtros solares prejudicam a vida oceânica, especialmente os corais. 

E tem o fator vitamina D.

Considerando que muitas pessoas hoje são deficientes em vitamina D, muitos defendem a tese de que a falta de exposição ao sol é um problema maior do que a exposição ao sol.

A deficiência de vitamina D tem sido associada a muitos tipos de câncer, incluindo os tipos mais letais de câncer de mama.

A falta de vitamina D também tem ligação com problemas durante a gravidez, incluindo pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, parto prematuro e muito mais.

É preciso dizer também que a exposição solar em si não é o único fator ligado ao câncer de pele, e muitos outros fatores podem ter um grande impacto na saúde da pele.

Uma alternativa saudável e bastante eficaz é usar protetos solar caseiro.

Veja a receita para fazer o seu próprio filtro solar.  (Muitos dos ingredientes desta receita têm um FPS natural – fator de proteção solar). 

ATENÇÃO! Esta é uma receita natural e não foi testada por uma organização reguladora para o FPS exato. 

Os ingredientes individuais são considerados de baixo FPS e geralmente citados nestes níveis:

  • Óleo de amêndoa – FPS em torno de 5
  • Óleo de coco – FPS 4-6
  • Óxido de Zinco FPS 2-20 dependendo de quanto é usado
  • Óleo de semente de framboesa vermelha FPS 25-50
  • Óleo de semente de cenoura – FPS 35-40
  • Manteiga de Karité – FPS 4-6

Alguns ingredientes são opcionais.

A versão final terá uma capacidade de proteção solar variada, dependendo da quantidade de cada ingrediente utilizado.

Para uma versão simples, mesmo apenas óleo de coco e manteiga de karité com um pouco de óleo de semente de framboesa e semente de cenoura ou algum óxido de zinco, irá funcionar para a exposição de baixa a moderada.

Se você adora “torrar” sua pele ao sol, esqueça este protetor solar.

Ele é, como já dissemos, para baixa a moderada exposição solar.

Ingredientes do protetor solar caseiro

  • ½ xícara de amêndoa o
  • ¼ xícara de óleo de coco
  • ¼ xícara de cera de abelha
  • 2 colheres de sopa de óxido de zinco
  • Até 1 colher de chá de óleo de semente de framboesa vermelha – opcional
  • Até 1 colher de chá de óleo de semente de cenoura – opcional
  • 2 colheres de sopa de manteiga de karité (natural SPF 4-5) – opcional
  • Opcional: Óleos essenciais, extrato de Baunilha ou outros extratos naturais para atender à sua preferência (não use óleos essenciais cítricos, pois eles aumentam a sensibilidade ao sol)

Como preparar o protetor solar caseiro

  1. Combine os ingredientes, exceto o óxido de zinco, em uma jarra de vidro de tamanho médio ou grande. 
  2. Encha uma panela média com alguns centímetros de água e coloque em fogo médio.
  3. Coloque uma tampa na jarra e coloque na panela com a água.
  4. À medida que a água aquece, os ingredientes no frasco começarão a derreter. Agite ou mexa ocasionalmente para incorporar. Quando todos os ingredientes estiverem completamente derretidos, adicione o óxido de zinco, mexa bem e despeje em qualquer frasco ou lata que você usará para armazenamento.
  5.  Mexa algumas vezes enquanto esfria para garantir que o óxido de zinco seja incorporado.
  6. Armazene em temperatura ambiente

IMPORTANTE!

  • Este protetor solar não é à prova d’água e precisará ser reaplicado após a transpiração ou a natação.
  • Ele não pode ser usado para uma prolongada exposição ao sol.
  • Certifique-se de não inalar o óxido de zinco – use uma máscara, se necessário!
  • Adicione mais cera de abelha para fazer um filtro solar mais espesso, menos para fazer um filtro solar suave
  • Guarde em local fresco e seco ou na geladeira
  • Retire o óxido de zinco e virará uma excelente receita de loção para a pele!
  • Consulte seu dermatologista antes de usá-lo.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM