Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como neutralizar os efeitos tóxicos dos alimentos

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Segundo a medicina aiurvédica/indiana, alguns alimentos são capazes de neutralizar os efeitos negativos de certos alimentos.

Com base nesse conhecimento, a aiurvédica prescreve determinadas combinações alimentares, em que um dos alimentos funciona como “antídoto” e minimiza os efeitos tóxicos do outro.

Normalmente se utilizam como antídotos especiarias que, além de ajudar na formação de enzimas digestivas, facilitam a passagem do alimento pelo trato intestinal e trabalham na prevenção de doenças por terem propriedades antioxidantes.

Veja uma relação deles.

Alimentos, efeitos negativos e antídotos

Queijo – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: pimenta-do-reino e pimenta-malagueta.

Ovo – alergias. Antídotos: salsa e açafrão.

Sorvete – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: cravo e cardamomo.

Coalhada – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: coentro e cardamomo.



Iogurte – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: cominho, gengibre e cardamomo.

Peixe  – alergias. Antídotos: limão, lima e açafrão.

Carne vermelha – é pesada para a digestão. Antídotos: pimenta-malagueta, chilli e cravo.

Aveia – digestão difícil e muco. Antídotos: açafrão, mostarda e cominho.

Arroz – digestão difícil e gordura. Antídotos: cravo e pimenta em grão.

Trigo   – digestão difícil, muco e gordura. Antídoto: gengibre.

Legumes – provocam gases e distensão. Antídotos:  alho, pimenta-do-reino, pimenta-malagueta, gengibre e sal.

Batata – produz gases. Antídoto: ghee com pimenta em grão.

Tomate – digestão difícil. Antídotos: lima e cominho.

Abacate – digestão difícil. Antídotos: açafrão, limão, alho e pimenta-do-reino.

Banana – digestão difícil e muco. Antídoto: cardamomo.

Frutas secas – produzem gases. Antídoto: embeber em água.

Nozes – produzem gases. Antídoto: embebidas de véspera e cozidas em óleo de gergelim.

Álcool – estimulante e depressivo. Antídoto: mastigar um quarto de colher de chá de sementes de cominho ou meia de sementes de cardamomo.

Chá preto –   estimulante e depressivo. Antídoto: gengibre.

Cafeína – estimulante e depressiva. Antídoto: noz-moscada em pó com cardamomo.

Repolho – produz gases. Antídoto: preparo com óleo de girassol e açafrão.

Alho – alergia. Antídoto:    coco grelhado e limão.

Alface – produz gases. Antídoto: óleo de oliva com limão.

Chocolate – estimulante. Antídotos: cardamomo e cominho.

Doces – aumentam muco e causam congestão. Antídoto: gengibre em pó.

Segundo a medicina aiurvédica/indiana, alguns alimentos são capazes de neutralizar os efeitos negativos de certos alimentos.

Com base nesse conhecimento, a aiurvédica prescreve determinadas combinações alimentares, em que um dos alimentos funciona como “antídoto” e minimiza os efeitos tóxicos do outro.

Normalmente se utilizam como antídotos especiarias que, além de ajudar na formação de enzimas digestivas, facilitam a passagem do alimento pelo trato intestinal e trabalham na prevenção de doenças por terem propriedades antioxidantes.

Veja uma relação deles.

Alimentos, efeitos negativos e antídotos

Queijo – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: pimenta-do-reino e pimenta-malagueta.

Ovo – alergias. Antídotos: salsa e açafrão.

Sorvete – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: cravo e cardamomo.

Coalhada – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: coentro e cardamomo.



Iogurte – aumenta o muco e causa congestão. Antídotos: cominho, gengibre e cardamomo.

Peixe  – alergias. Antídotos: limão, lima e açafrão.

Carne vermelha – é pesada para a digestão. Antídotos: pimenta-malagueta, chilli e cravo.

Aveia – digestão difícil e muco. Antídotos: açafrão, mostarda e cominho.

Arroz – digestão difícil e gordura. Antídotos: cravo e pimenta em grão.

Trigo   – digestão difícil, muco e gordura. Antídoto: gengibre.

Legumes – provocam gases e distensão. Antídotos:  alho, pimenta-do-reino, pimenta-malagueta, gengibre e sal.

Batata – produz gases. Antídoto: ghee com pimenta em grão.

Tomate – digestão difícil. Antídotos: lima e cominho.

Abacate – digestão difícil. Antídotos: açafrão, limão, alho e pimenta-do-reino.

Banana – digestão difícil e muco. Antídoto: cardamomo.

Frutas secas – produzem gases. Antídoto: embeber em água.

Nozes – produzem gases. Antídoto: embebidas de véspera e cozidas em óleo de gergelim.

Álcool – estimulante e depressivo. Antídoto: mastigar um quarto de colher de chá de sementes de cominho ou meia de sementes de cardamomo.

Chá preto –   estimulante e depressivo. Antídoto: gengibre.

Cafeína – estimulante e depressiva. Antídoto: noz-moscada em pó com cardamomo.

Repolho – produz gases. Antídoto: preparo com óleo de girassol e açafrão.

Alho – alergia. Antídoto:    coco grelhado e limão.

Alface – produz gases. Antídoto: óleo de oliva com limão.

Chocolate – estimulante. Antídotos: cardamomo e cominho.

Doces – aumentam muco e causam congestão. Antídoto: gengibre em pó.

DEIXE SEU COMENTÁRIO