- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como fazer tahine, a pasta de gergelim rica em cálcio, proteína e vitaminas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O tahine, ou pasta de gergelim, é muito rico em cálcio, proteína e vitaminas.

Tahine é uma pasta feita com gergelim.

Ele é fonte de importantes nutrientes, como cálcio, proteína e vitaminas.

O gergelim é uma das melhores fontes de cálcio e riquíssimo em gorduras do bem, que contribuem para a saúde do coração e para a eliminação de quilinhos extras.

Para fazer o tahine, lave bem uma boa quantidade de gergelim (em média 200 gramas).

Escorra numa peneira e pise no pilão ou no liquidificador.

Se usar o liquidificador, bata uma pequena quantidade de cada vez (para não queimar o motor).

Quando a pasta grudar nas lâminas, desligue, mexa com o cabo de uma colher de pau ou plástico e bata mais um pouco.

Faça isso até virar um creme, que deve ser retirado e reservado.

Coloque mais um pouco de gergelim e repita o processo até acabarem os grãos.

Esse processo é lento.

Por isso, sugerimos colocar água e azeite de oliva até conseguir liquidificar.

No fim acrescente um pouco de sal.

Em lojas de produtos naturais, você encontra o tahine pronto.

Se preferir este industrializado, leia o rótulo para ver se não colocam algo além de gergelim (e sal).

O tahine feito com gergelim com pele fica um pouco amargo, mas não incomoda, além de ser mais rico em nutrientes que o feito sem pele.

Como usar o tahine

Use a pasta de gergelim no pão, torrada, no lugar da maionese e em diversas receitas.

Seguem algumas:

Molho de tahine

1 pitada de sal

3 colheres (sopa) de suco de limão

1 dente de alho (pequeno) amassado

4 colheres (sopa) de tahine

4 colheres (sopa) de água
Numa tigela, junte o sal, o suco de limão e o alho. Adicione o tahine e a água. Misture bem e leve para gelar.

Este molho é básico para todos os pratos árabes frios. Pode ser servido puro, com salsinha picada e azeite.

Húmus de tahine

4 colheres (sopa) de tahine

300 gramas de grão-de-bico

alho a gosto

1 xícara (chá) de água

sumo de 1 limão

azeite a gosto

sal a gosto

hortelã para decorar

Deixe o grão-de-bico de molho durante a noite.

No dia seguinte, cozinhe-o até ficar macio.

Espere esfriar e bata no liquidificador com o alho, o tahine, o limão, a água e o sal até formar uma pasta homogênea.

Coloque em uma travessa, regue com azeite e decore com folhas de hortelã. Sirva com pão, com salada ou como purê.

Berinjela com tahine

2 berinjelas

2 dentes de alho

1 colher (chá) de sal

4 colheres (sopa) de tahine

1/2 xícara (café) de suco de limão

Descasque as berinjelas, corte e deixe de molho com água e um pouco de vinagre ou suco de limão na geladeira por quatro horas ou a noite toda, para retirar o amargo.

Cozinhe no vapor as berinjelas com sal e o alho descascado por em média dez minutos.

Quando amornar, amasse tudo com um garfo.

Acrescente os condimentos e misture bem. Sirva frio com pão ou acompanhando as refeições.

Mais Lidas