PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como fazer o enraizamento de plantas na água para produzir mudas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Esta técnica de enraizamento é uma boa opção para manter seus vasos e hortas renovados.

O cuidado na hora de produzir as mudas influencia diretamente o desenvolvimento de plantas após o plantio.

Por isso, alguns fatores para  a produção de mudas precisam ser levados em consideração, para ter um cultivo sadio e colheitas mais fortes.

A produção de mudas de plantas através de uma técnica simples pode ser uma aliada na hora de renovar os vasos e a horta.

O enraizamento na água, por exemplo, é um processo muito usado para quem gosta de fazer novas mudas através do caule.

Isso porque, na água, os caules soltam raízes mais rapidamente do que se forem plantados diretamente na terra, apesar de ambas as formas funcionarem.

Além disso, quando a planta está na água, é possível o surgimento e o crescimento da raiz.

Assim, você consegue ter uma certeza de que ela já enraizou e pode ser transferida para a terra.

Como enraizar as plantas na água

Esta metodologia é simples, porém algumas etapas exigem cuidados essenciais para a reprodução das mudas. 

Além disso, o processo de enraizamento na água funciona melhor para hortaliças e plantas com caule macio.

Siga o passo a passo!

Escolha uma planta adulta, saudável e regue pela manhã ou no final do dia. 

Aguarde uma hora para que o caule tenha uma boa reserva de água e, em seguida, corte os galhos com tamanho entre 10 e 15 centímetros.

Se optar por uma muda de manjericão e/ou hortelã, pode ser entre cinco e oito centímetros.

Em seguida, encha uma jarra ou vaso de vidro (limpo e esterilizado) com água limpa e coloque os galhos dentro.

Além disso, remova todas as folhas que ficarem no caule dentro da água, para evitar que elas apodreçam.

Coloque o recipiente em um local fresco, com luminosidade, porém protegido do sol.

Troque a água a cada três dias, evitando a cor turva e a proliferação de microorganismos e mosquitos.

O tempo de enraizamento das plantas normalmente ocorre entre 7 e 15 dias, porém depende muito de cada espécie.

No caso do manjericão e  hortelã, por exemplo, por terem um caule bem macio, podem enraizar em menos tempo.

Plantas que não têm caule, como a babosa (aloe vera), espada-de-são-jorge e algumas suculentas, você pode fazer o enraizamento somente com a folha.

Após o enraizamento, plante a muda em um vaso com terra ou outro substrato ou na horta.

Porém, lembre-se de que nos primeiros dias a planta ainda é muito sensível e, por isso, não deve ficar muito exposta ao sol.

Plantas mais fáceis de enraizar na água

Espécies como o alecrim e as semilenhosas também podem enraizar na água, porém o processo demora mais tempo.

Você também pode gostar dos seguintes posts sobre plantas:

Mais Lidas