Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como clarear a pele e combater rugas usando fermento de pão no rosto!

O que provoca o escurecimento da pele?

Os fatores podem ser diversos, como:
 
Exposição ao sol

  • Uso de produtos químicos 
  • Alteração hormonal 
  • Consumo de certos medicamentos

O escurecimento da pele pode ocorrer em todo o rosto ou como pequenas manchas – seja como for, é um problema desagradável.
 
Neste post, vamos ensinar como preparar uma máscara para clarear a pele.
 
A receita é totalmente novidade para a maioria das pessoas.
 
Mas funciona, é supersimples e você pode fazer no conforto de sua casa.
 
O segredo está no fermento de pão, o ingrediente-chave desta receita.
 
Ele não só ajuda a eliminar as partes escuras do seu rosto, como combate as rugas e nutre a pele.
 
Ou seja, vamos esquecer a ideia de que o fermento de pão só é útil na cozinha, certo?
 
E é por isso que estamos aqui: para revelar segredinhos da medicina caseira.

INGREDIENTES

  • 20 gramas de fermento de pão fresco (é o tabletinho que fica sob refrigeração)
  • 2 colheres (chá) de suco de limão
  • Água quente

MODO DE PREPARO

  1. É muito simples!
  2. Basta misturar o fermento de pão com o suco de limão.
  3. Em seguida, coloque a mistura numa tigela com a água quente por 2 ou 3 minutos.
  4. Faça um teste, por precaução, para ver se ocorre alguma reação alérgica: aplique um pouco no cotovelo ou em uma das orelhas.
  5. Espere uns 3 minutos.
  6. Certamente não acontecerá nada e, dessa forma, você pode prosseguir.
  7. Aplique a máscara no rosto limpo e deixe agir por 20 minutos.
  8. Feito isso, lave bem o rosto com água morna e passe um hidratante comum.
  9. A máscara só deve ser usada uma ou duas vezes por semana e sempre à noite, antes de dormir.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO