Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Coloque esta erva no seu chuveiro e alivie rapidamente os sintomas da rinite e sinusite!

O eucalipto é ótimo para tratar rinite, sinusite e infecções respiratórias.

Podemos desfrutar de seus benefícios através de chás, xaropes e sprays.

Há também o óleo de eucalipto, que, além de sinusite, combate dores nos músculos e nas articulações.

O eucalipto é analgésico, antisséptico, antiespasmódico, descongestionante, diurético, expectorante e estimulante mental.

É incrível como apenas uma erva é capaz de nos fornecer tantas vantagens, não é?

A sinusite, que é um verdadeiro pesadelo para muita gente, pode ser tratada porque o eucalipto relaxa e dilata os músculos da traqueia, brônquios e pulmões.

Assim, o oxigênio entra no sangue, vai para os pulmões e todo o resto do corpo.

Com o aumento do oxigênio, aumenta-se a combustão das células e o calor acaba destruindo os germes e as toxinas.

Uma das consequências disso é a redução da febre.

Desde o tempo da vovó que se usa eucalipto para combater gripes e resfriados.

A novidade, que certamente não é tão nova assim, mas pouquíssimo divulgada, é o uso da erva durante o banho quente.

O vapor de eucalipto dá um efeito libertador porque relaxa os músculos das vias aéreas, combatendo a falta de ar para os asmáticos.

E tem mais:

– Alivia ansiedade

– Baixa pressão arterial

– Combate herpes

– Combate tuberculose

– Trata bronquite

– Combate rinite e sinusite

Tudo isso graças às propriedades bactericidas e antivirais.

Basta colocar alguns galhos pendurados no chuveiro e amarrar com um cordão.

Amarre com o chuveiro desligado na tomada ou disjuntor, com cuidado.

Quando for tomar um banho quente, a planta vai liberar um óleo que se torna vapor.

Um banho terapêutico desse pode ajudar a limpar os pulmões e aliviar a tosse.

Este tratamento é também muito indicado para tratar problemas de saúde causados pelo inverno, como gripes e resfriados.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM