PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Chá para aliviar a infecção na vesícula e estimular a produção da bile

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este chá possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a inflamação na vesícula e estimulam a produção da bile.

A vesícula biliar é um órgão localizado no corpo humano abaixo do fígado, no lado direito e na área superior do abdômen.

Ela basicamente serve de local para armazenar a bile produzida pelo fígado e depois conduzi-la até o intestino para a digestão, principalmente das gorduras vindas dos alimentos.

Assim como qualquer outro órgão, a vesícula está sujeita a complicações, como inflamações.

Na linguagem médica, esse problema é conhecido como colecistite e pode ser causado pelos cálculos biliares ou por algum processo infeccioso.

Neste quadro, os cálculos bloqueiam o canal em que a bile sai da vesícula e o líquido que deveria ficar armazenado acaba ficando retido.

Por isso, na maioria das vezes, a inflamação acontece devido ao acúmulo de líquido na vesícula.

Sintomas de vesícula inflamada

Os sintomas de inflamação na vesícula (colecistite), geralmente são silenciosos, principalmente em bebês e idosos.

Porém, quando se apresentam, são os seguintes:

  • Dor aguda no lado direito do abdômen
  • Inchaço abdominal
  • Urina escura, fezes pálidas e diarreia
  • Sensação de náuseas
  • Vômitos frequentes
  • Febre em torno de 38ºC
  • Pele o olhos amarelados

Quando os sintomas são mais intensos – como febre alta, calafrios, distensão abdominal e leucocitose -, é necessário consultar um médico imediatamente.

Isso porque poderá ocasionar a formação de abcessos, gangrena e até a perfuração da vesícula biliar.

Nestes casos mais complexos uma cirurgia de emergência será necessária.

  • Leucocitose – quando a taxa de leucócitos (glóbulos brancos do sangue) está acima do normal.

Mas, além de seguir as recomendações médicas, em casos de sintomas mais leves, a nossa parte podemos fazer em casa.

Por exemplo, adicione à sua dieta remédios naturais que ajudam a desintoxicar a vesícula, prevenindo a inflamação e até auxiliando no tratamento.

Por isso, hoje, vamos lhe ensinar um chá composto de várias plantas medicinais para prevenir e aliviar a inflamação da vesícula biliar.

Chá para infecção na vesícula

Este chá possui plantas com propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a inflamação na vesícula e estimulam a produção da bile.

Ingredientes:

  • Dente-de-leão
  • Pariparoba
  • Unha-de-gato
  • Espinheira-santa
  • Quebra-pedra
  • 3 folhas de louro
  • Tomilho
  • Orégano
  • 1 litro de água

Modo de preparo:

Coloque um punhado de cada erva em um litro de água fervente, junto com as folhas de louro, tampe e deixe em infusão.

Consuma cinco vezes ao dia, porém sem exageros, pois ,embora seja uma infusão natural, em altas doses pode ser prejudicial à saúde.

Benefícios do dente-de-leão

O dente-de-leão possui ação hepatoprotetora, anti-inflamatória, antioxidante e analgésica.

Desse modo, protege as células hepáticas (fígado) e ajuda a melhorar o funcionamento do intestino.

Além disso, o dente-de-leão estimula a produção da bile, o que ajuda a melhorar o funcionamento da vesícula biliar.

A planta também tem ação diurética, esteróis e zinco que contribuem para a limpeza do organismo, eliminando as toxinas.

Benefícios da pariparoba

A pariparoba tem ação diurética e antioxidantes que ajudam a eliminar as toxinas do fígado e a evitar a retenção de líquidos.

Além disso, contém propriedades laxativas que auxiliam o bom funcionamento do intestino.

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP), concluiu que a pariparoba também tem ação antiúlcera, devido às propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Benefícios da unha-de-gato

A unha-de-gato tem ação anti-inflamatória e antioxidante, que ajudam a reduzir a inflamação no organismo.

Ela também possui propriedades analgésicas, antitumorais, diuréticas e depurativas.

Outro estudo da USP mostra que a unha-de-gato contém glicosídeos do ácido quinóvico.

Essas substâncias funcionam como imunoestimulantes para o organismo, ajudando a diminuir as inflamações e úlceras.

Benefícios da espinheira-santa

A espinheira-santa contém antioxidantes, polifenóis, triterpenos e ação diurética, o que contribui para  a desintoxicação do organismo.

Além disso, possui propriedades anti-inflamatória, analgésica, antiúlcera e laxante, auxiliando assim no combate a dores abdominais, úlcera, gastrite e azia.

Benefícios da quebra-pedra

A quebra-pedra tem propriedades antioxidantes, antimicrobiana, e anti-inflamatória.

Um estudo do Government Medical College, na Índia, concluiu que a quebra-pedra pode melhorar a saúde do fígado.

Já uma outra pesquisa realizada pela Primeasia University, em Bangladesh,  a quebra-pedra pode ajudar a reduzir a secreção de ácido gástrico e proteger o estômago.

Além disso, o chá de quebra-pedra ajuda a evitar a formação de pedras nos rins e contribui para que elas sejam expelidas.

Benefícios do louro

O louro é rico em vitaminas B6, B9, C, magnésio, potássio, tem ação diurética, anti-inflamatória, digestiva e antioxidante.

Por isso, ajuda na produção da bile pelo fígado e estimula a produção de enzima digestiva.

Um estudo da Universidade de Teerã de Ciências Médicas, no Irã, chegou à conclusão de que a folha também pode reduzir a quantidade de urease no organismo. 

Ou seja, a planta possui potencial de auxiliar no tratamento contra pedras nos rins.

  • Urease: trata-se de uma enzima que faz a degradação da ureia em amônia e bicarbonato

Benefícios do tomilho

O tomilho tem ação antibacteriana e antiespamódica, que ajudam a restabelecer a flora intestinal.

Desse modo,  faz com que a vesícula biliar funcione normalmente, além de desintoxicar o organismo.

Benefícios do óregano

O orégano contém vitaminas A, do complexo B, C, cálcio, magnésio, potássio, zinco e ômega 3.

Além disso, contribui para a produção da bile pela vesícula, facilitando a digestão de gorduras.

Também possui óleo essencial com propriedades  anti-inflamatórias, anestésicas e antissépticas.

Importante

Todas as ervas mencionadas para o chá podem ser encontradas em lojas de produtos naturais e farmácias fitoterápicas.

Porém, verifique a procedência e se tem algum farmacêutico responsável, pois existem várias falsificações.

Você também poderá gostar dos seguintes chás:

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.