- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Chá de urtiga com gengibre: remédio caseiro para rinite e sinusite

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este chá ajuda a impulsionar o sistema imunológico, prevenindo as crises de rinite e sinusite.

Nariz entupido e escorrendo, pressão na região frontal do rosto, olhos vermelhos e dores que podem ser confundidas com dor de cabeça.

Se você sente esses sintomas com frequência, provavelmente sofre de rinite ou sinusite.

Essas duas condições são uma espécie de inflamação que acomete as cavidades ao redor das vias nasais.

Embora os sintomas sejam parecidos, existem diferenças entre as duas doenças.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM

Rinite

É um processo inflamatório que afeta a mucosa nasal, podendo ser curta ou longa duração.

As principais causas são:

  • Infecções por vírus, fungos, bactérias
  • Ácaros presente em cobertores, tapetes, bichos de pelúcia ou roupas felpudas
  • Alergias causadas por poeira, mofo, pólen e pelo de animais

Dentre os sintomas mais comuns, estão:

  • Nariz entupido
  • Obstrução nasal, principalmente à noite
  • Secreção
  • Espirros repetidos
  • Coceira e/ou sangramento nasal
  • Secreção fluída clara, amarelada e/ou espessa
  • Dor facial e frontal com sensação de peso
  • Redução do olfato
  • Coceira nos olhos e/ou vermelhidão
  • Sensação de catarro que escorre atrás da garganta

Sinusite

É um inflamação que afeta as mucosas dos seios paranasais, como os ossos que rodeiam os olhos, maçã do rosto e testa.

O problema é causado por vírus, bactérias e também alergias, porém as causas podem ser variadas, influenciando no tempo de duração da doença.

Os sintomas da sinusite, se comparados com os da rinite, são parecidos, mas costumam ser mais graves.

São eles:

  • Obstrução nasal
  • Irritação na garganta
  • Secreção nasal amarelada, esverdeada e/ou espessa
  • Redução do olfato
  • Tosse
  • Dor na face
  • Dor de cabeça
  • Febre
  • Mal-estar
  • Cansaço

Tratamento

Geralmente, quando se procura um médico, o tratamento é à base de medicamentos antialérgicos, anti-inflamatórios, corticoides e spray nasal.

No entanto, a natureza nos fornece plantas e ervas que podem auxiliar no alívio dos sintomas da rinite e sinusite.

 E a urtiga e o gengibre são duas opções para auxiliar no tratamento e, quando combinados em um chá, intensificam a capacidade de aliviar os sintomas.

Benefícios da urtiga

A urtiga é uma planta muito conhecida por causar coceira, vermelhidão, ardor e sensação de calor quando entra em contato com a pele.

Porém, seu valor medicinal é bem variado e, de acordo com informações da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), as folhas dessa planta ajudam no tratamento de rinite alérgica crônica.

Ela reduz a inflamação relacionada à alergia e ajuda a eliminar o agente alérgeno caso ele ainda esteja no organismo.

A planta é rica em vitaminas A, C e K, polifenóis, flavonoides cálcio, ferro e magnésio.

A urtiga também tem ação anti-inflamatória, ajudando a aliviar infecções respiratórias e dores de garganta.

Além disso, tem propriedades bactericidas, adstringentes, antissépticas, estimulantes, vasodilatadoras e vermífugas.

Benefícios do gengibre

O gengibre tem ação antiviral, anti-inflamatória, expectorante e antibacteriana, auxiliando, portanto, no tratamento de doenças respiratórias.

É devido à ação anti-inflamatória e descongestionante que ele é eficiente na redução do desconforto na região da face causado pela rinite e sinusite.

Além disso, tem propriedades expectorantes e anti-inflamatórias, ajudando a diminuir os sintomas da rinite.

Segundo estudo da Universidade Thammasat, na Tailândia, o gengibre ajuda a reduzir os sintomas da rinite alérgica sem causar efeitos colaterais no paciente.

Ainda de acordo com a pesquisa, o gengibre é melhor do que a loratadina, pois não causa sonolência, tontura, fadiga e constipação.

O gengibre contém gingerol, um princípio ativo que proporciona efeitos antibióticos no organismo.

Desse modo, ajuda a eliminar vírus e bactérias que atacam o sistema respiratório.

Além disso, é rico em vitamina C, contribuindo para o aumento da imunidade e na produção de anticorpos.

A planta também é fonte de fósforo, potássio e niacina, substâncias que contribuem para o controle da inflamação e os sintomas da tosse.

Ademais, devido ao alto teor de antioxidantes, ajuda a limpar e proteger o trato respiratório.

Assim, reduz os efeitos negativos causados por toxinas e radicais livres.

Por fim, contém propriedades que aliviam a congestão, corrimento nasal, tosse e dor de cabeça.

Chá de urtiga com gengibre

O chá de urtiga com gengibre, se usado com frequência e da maneira correta, ajuda a impulsionar o sistema imunológico, prevenindo contra crises de rinite e sinusite.

Ingredientes:

  • 3 folhas de urtiga fresca ou uma colher (sopa) de urtiga seca
  • 2 pedaços de gengibre
  • 300ml de água

Observação: você encontra a urtiga fresca durante a primavera, em lotes baldios, matas propriedades rurais ou jardins.

Já a folha seca pode ser comprada em lojas de produtos naturais e até em supermercados.

É melhor usar a seca, pois a fresca pode causar coceira em contato com a pele.

Modo de preparo:

Coloque a água em uma panela, as folhas de urtiga, o gengibre e leve para ferver.

Durante essa etapa, você já pode aproveitar os benefícios dessa infusão inalando a fumaça, o que ajuda a desentupir as vias respiratórias.

Depois de dez minutos fervendo, desligue o fogo, coe o chá e tome logo em seguida, bem quente.

Consuma três vezes ao dia, por quatro dias seguidos e, após esse período, não sentirá mais sintomas de rinite e/ou sinusite.

Você também pode molhar um pano nessa infusão e colocar sobre o rosto, pois ajudará a aliviar a pressão e dor na face, além de ser relaxante.

Tratamento complementar

Além do consumo do chá de urtiga com gengibre, você pode potencializar o tratamento com a seguinte solução:

Ingredientes:

  • 250ml de água filtrada
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

Como fazer:

Dilua o sal e o bicarbonato na água, coloque em uma seringa limpa e aplique essa solução nas narinas.

Repita esse processo de duas a três vezes por dia.

Além disso, sempre que estamos doentes, perdemos um pouco o apetite, por isso, opte por refeições leves como sopa.

Comidas e líquidos quentes ajudam a deixar as membranas mucosas úmidas, auxiliando na eliminação da secreção.

Aqui no Cura pela Natureza temos algumas opções de sopas para ajudar a fortalecer o organismo:

Procure também manter o corpo sempre bem hidratado, tomando bastante água – no mínimo dois litros por dia – e sucos naturais de frutas.

Importante:

Caso os sintomas não desapareçam entre duas e três semanas, consulte um médico para iniciar um tratamento específico.

Mais Lidas