Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Chá de sene – benefícios e como fazer e tomar da forma certa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O chá de sene é um bom aliado para desintoxicar o intestino, mas tem que saber a forma certa de fazer e tomar.

O chá sene é um tratamento popular para quem sofre de prisão de ventre.

Os ingredientes ativos são compostos por antraquinonas, que é um poderoso laxante.

O sene também é usado para outras indicações, incluindo a perda de peso. 

Benefícios para a saúde

Beber o chá pode promover perda de peso, desintoxicar o organismo e tratar a prisão de ventre. 

Consequentemente, o chá sene é bastante usado para tratar a constipação.

Os pesquisadores descobriram que os compostos ativos no sene têm um forte efeito laxante

Esses ativos trabalham estimulando o revestimento do cólon, promovendo contrações e movimentos intestinais. 

O sene também mantém o cólon hidratado, o que aumenta o fluido no intestino e amolece as fezes. 

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais são geralmente leves e limitados quando usados ​​no tratamento a curto prazo.

Desconforto no estômago, diarreia, náusea e vômito são os efeitos colaterais mais comuns.

Em alguns casos o chá de sene possa ser usado por um período maior, mas isso deve ser feito sob supervisão médica.

É que o uso prolongado e doses mais altas podem causar problemas de saúde, como lesão hepática, distúrbios eletrolíticos e alterações cardíacas. 

O uso prolongado de sene também pode causar dependência, sangramento retal e perda de peso.

Para evitar cólicas ou dores abdominais, as pessoas devem reduzir a dose até o desconforto diminuir.

Riscos

Existem alguns relatos de casos de pessoas que sofreram danos no fígado ou danos nos nervos após o uso excessivo do sene.

Nesses casos, as pessoas usavam doses muito mais altas que as recomendadas e por períodos prolongados.

Pessoas com cestas condições médicas não devem usar sene:

  • Obstrução intestinal
  • Colite ulcerosa
  • Apendicite
  • Desidratação
  • Diarreia
  • Doença cardíaca

Além disso, qualquer pessoa com dor abdominal ou crianças com menos de 2 anos de idade não devem tomar chá de sene.

Onde encontrar, como fazer e tomar

O chá de sene pode ser facilmente encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e lojas online. 

Muitas vezes, as folhas de chá são combinadas com outros ingredientes, por isso é importante ler o rótulo do produto antes de comprá-lo.

Ademais, a quantidade de ingrediente ativo varia de produto para produto, e alguns produtos de chá sene são combinados com outras ervas laxantes estimulantes, como cáscara sagrada ou ruibarbo.

A receita é simples:

Ingredientes:

  • 200 ml de água
  • ½ colher (sopa) de folhas secas de sene

Modo de preparo:

Coloque a água para esquentar.

Quando levantar fervura, deixe por dois minutos.

Desligue o fogo, acrescente as folhas secas, misture, tampe e deixe descansar por cinco minutos.

Assim que amornar, tome o chá.

A dica, para melhorar o sabor e evitar cólicas, é adicionar 50 ml de chá de camomila ou erva-doce.

Os efeitos do sene começam a aparecer entre 6 e 12 horas após o consumo do chá.

Por isso é aconselhável tomar à noite, antes de deitar.

O sene pode ou não ser seguro para uso durante a gravidez.

Mulheres grávidas com prisão de ventre devem conversar com seu médico antes de usar o chá ou qualquer outro laxante.

Chá de sene x medicamentos

Existem várias interações medicamentosas a serem observadas.

As pessoas que tomam os seguintes medicamentos ou suplementos de ervas devem evitar a ingestão do sene:

Contraceptivo

O sene pode interagir com o estrogênio existente em alguns contraceptivos, incluindo o anel vaginal, adesivo ou pílulas.

Isso pode tornar a prevenção menos eficaz, aumentando a probabilidade de uma gravidez acidental.

Digoxina

Neste caso, o sene pode causar desequilíbrios eletrolíticos no corpo, especialmente nos níveis de potássio.

Baixo teor de potássio pode causar problemas para quem toma digoxina.

Diuréticos

Assim como o chá de sene, alguns diuréticos também podem diminuir os níveis de potássio e outros eletrólitos.

Tomar esses dois medicamentos juntos pode fazer com que os níveis de potássio caiam muito, o que pode ser perigoso.

O chá de sene é geralmente bem aceito e considerado seguro para a maioria das pessoas.

No entanto, tem o potencial de causar complicações sérias em algumas pessoas com certas condições de saúde e que tomam certos medicamentos.

Portanto, antes de aproveitar todos os benefícios que o sene oferece para a saúde, é melhor consultar um médico, principalmente se você toma medicações diárias.

DEIXE SEU COMENTÁRIO