- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Chá de alecrim com hortelã: para aliviar dores e melhorar a memória

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este chá é mais um recurso natural e acessível que pode ser aproveitado por quem busca mais saúde e bem-estar.

O chá que ensinaremos a seguir irá proporcionar uma série de benefícios ao seu corpo.

Reunindo as propriedades medicinais do alecrim com a hortelã, você vai obter um bebida de sabor agradável.

Essa infusão ajuda a prevenir e tratar uma série de problemas, incluindo má digestão, inflamações e caspa.

É mais um recurso natural e acessível que pode ser aproveitado por quem busca mais saúde e bem-estar.

Hortelã

A hortelã é rica em vitamina A, nutriente essencial para a saúde dos olhos e da pele.

Além disso, previne infecções e contém forte ação antioxidante.

A erva também possui vitaminas do complexo B, que atuam no metabolismo da glicose, dos ácidos graxos e aminoácidos.

A hortelã também é fundamental para o bom desenvolvimento e manutenção do sistema nervoso.

Também é uma boa fonte de vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Por fim, previne derrame, tem ação antioxidante e proporciona resistência aos ossos.

Alecrim

O alecrim, assim como a hortelã, também é rico em vitamina A, substância com forte ação antioxidante.

Desse modo, ajuda a manter a saúde ocular, da pele, além de prevenir infecções.

O alecrim também contém vitamina K, que auxilia na coagulação sanguínea e contribui para fixação do cálcio nos ossos.

Além disso, é fonte de vitaminas do complexo B (B1 e B2), que atuam no metabolismo da glicose, dos ácidos graxos e aminoácidos.

Com isso, ajuda o organismo a utilizar essas substâncias com eficiência.

Por fim, o alecrim possui compostos fenólicos que exercem importantes atividades biológicas, como antioxidantes, anti-inflamatórias, entre outras.

Chá de alecrim com hortelã

A infusão de alecrim com hortelã combina as propriedades dessas duas ervas aromáticas.

Desse modo oferece propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e desintoxicantes, que irão eliminar vários desconfortos do seu corpo.

Entre os principais benefícios desse chá, destacam-se os seguintes:

Ação anti-inflamatória

Esta infusão auxilia no combate aos processos inflamatórios crônicos.

Portanto, seu consumo ajuda no tratamento de artrite, gastrite e outras doenças inflamatórias.

Melhora a digestão

As duas ervas possuem efeito digestivo, sendo eficaz na redução dos gases estomacais e da azia.

Além disso, ajuda a reduzir o inchaço abdominal causado pela má digestão.

Combate a retenção de líquido

Tanto o alecrim quanto a hortelã possuem ação diurética.

Desse modo, ajuda a reduzir o inchaço causado pelo acúmulo de líquidos nos tecidos.

Combate infecções

O chá de alecrim com hortelã ajuda no tratamento de infecções causadas pelas bactérias Salmonella typhy, Escherichia coli e S. enteritidis.

Com isso, auxilia no tratamento de infecção urinária, diarreia e vômito.

Porém, seu consumo deve ser apenas como um complemento ao tratamento receitado pelo médico.

Alivia os sintomas da gripe e inflamações na garganta

Devido à ação analgésica e expectorantes das ervas, o chá de alecrim com hortelã ajuda a eliminar o muco e aliviar a dor de cabeça.

Além disso, por possuir propriedades antissépticas, essa infusão pode ser usada em gargarejos.

Dessa maneira, torna-se um excelente remédio caseiro para o tratamento de inflamações nas amídalas e também para gripes e resfriados.

Previne o mau hálito

Este chá contém propriedades antibacterianas, podendo ser usado como enxaguante bucal após a escovação.

Com isso, ajuda a reduzir a proliferação das bactérias que causam o mau hálito.

Melhora a memória

Pesquisadores da Universidade de Northumbria, na Inglaterra, confirmaram importantes efeitos terapêuticos do alecrim e da hortelã sobre as funções cognitivas.

Sendo assim, essa infusão ajuda a melhorar o funcionamento cerebral.

Diante disso, contribui para o aumento da capacidade de memorização e atenção, além de combater o cansaço mental.

Combate a ansiedade e melhora o humor

Este chá ajuda a reduzir a ansiedade e combate o desânimo, melhorando o humor.

Isso porque os óleos essenciais do alecrim favorecem a produção dos neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar.

Além disso, contém propriedades que ajudam a melhorar o funcionamento cognitivo.

Desse modo, age como um calmante natural, diminuindo os sintomas de ansiedade.

Já a hortelã contém propriedades tranquilizantes e ação calmante, agindo sobre o sistema nervoso.

Por isso, a combinação dessas duas ervas deixa a pessoa mais tranquila e relaxada.

Combate os radicais livres

Este chá é rico em propriedades antioxidantes que ajudam a inibir a ação dos radicais livres no organismo.

Com isso, previne o envelhecimento precoce e uma série de problemas.

Ajuda a reduzir a caspa

Você pode aplicar esse chá no couro cabeludo para reduzir e eliminar a caspa.

Ambas as ervas possuem propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e antissépticas, que ajudam a combater os fungos que provocam as caspas.

Como fazer o chá de alecrim com hortelã:

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) alecrim fresco
  • 2 colheres (sopa) de folhas frescas de hortelã
  • 250 ml de água

Dica: se for usar as ervas secas, use a metade, uma colher (sopa) de cada.

Modo de preparo:

Ferva a água em uma panela e, quando entrar em ebulição, desligue o fogo.

Acrescente o alecrim, a hortelã, tampe o recipiente e deixe abafado por dez minutos.

Consuma em seguida, logo após o preparo, adoçando com mel caso queira.

Tome de duas a três xícaras ao dia, não mais que isso.

Essa mesma infusão pode ser utilizada no couro cabeludo para combater a caspa, porém sem adoçar.

Contraindicações:

Este chá deve ser por gestantes ou lactantes, menores de 12 anos, prostáticos e pessoas com diarreia.

O consumo em excesso também pode provocar irritações gastrointestinais e nefrite. 

Mais Lidas