Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Cálculos renais e quebra-pedra

Quem nunca ouviu falar na quebra-pedra? É uma planta muito fácil de se encontrar e que muitas vezes, do nada, nasce no quintal.

Muito usada contra cálculos renais, a quebra-pedra (Phyllantus niruri) evita que as pedras se formem e relaxa o sistema urinário, ajudando a expeli-las.

Isso foi comprovado em um estudo realizado pela química Ana Maria Freitas, do Departamento de Nefrologia da Universidade Federal de São Paulo.

Segundo a pesquisa, o chá de quebra-pedra reduz a adesão de cristais de oxalato de cálcio às paredes do túbulo renal. Durante dois anos o Phyllantus niruri foi ministrado a 58 ratos na forma de pó, para que os componentes não fossem alterados. Pequenas pedras de oxalato de cálcio foram implantadas na bexiga das cobaias, divididas em dois grupos.


Um deles tomou a substância diariamente, enquanto o outro ingeria apenas água. Após 42 dias os animais que não tomavam o medicamento formaram uma média de 12 pedras com cerca de 0,18 grama cada. Os demais apresentaram apenas três cálculos de aproximadamente 0,02 grama.

A análise das pedras indicou que o chá impede a aderência de macromoléculas aos cristais de oxalato de cálcio porque reverte sua polaridade. “Os cristais se prendem à parede celular porque há uma atração elétrica entre ambos”, esclarece Ana Maria. “Os cristais têm carga positiva e a parede celular, negativa. O Phyllantus niruri parece mudar a polaridade da carga dos cristais e inibir assim sua adesão ao túbulo renal”.

O chá também relaxa o sistema urinário, o que facilita a expulsão dos cálculos.

Como fazer o chá

Ferva 1 colher de sopa das folhas secas da quebra-pedra. por 10 minutos, em 1 litro de água.

Beba  de 2 a 3 xícaras por dia.

Precauções

Não beba o chá de quebra-pedra por mais de 21 dias, pois ele pode ser tóxico e até enfraquecer os dentes. 

Por isso tome o chá por até três semanas, faça uma pausa de uma semana e depois volte a tomar o chá, outra vez por no máximo três semanas.

Contraindicações 

Este chá não deve ser consumido por grávidas, crianças e mulheres que amamentam.

Fonte de pesquisa:http://www.jardimdeflores.com.br/ERVAS/A33quebrapedra.htm

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM