Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Brasil tem a maior taxa de ansiedade do mundo segundo a OMS

O Brasil infelizmente é campeão em casos de ansiedade, por isso é importante conhecer formas naturais de prevenir e tratar esse mal.

A ansiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam preocupação, medo, nervosismo e apreensão.

Sendo assim, essa patologia pode se tornar um problema ainda maior, principalmente, porque surge em momentos rotineiros do dia a dia.

Diante dessas alterações emocionais, é necessário ficarmos atentos para conseguir “driblar” essa sensação de incômodo.

Segundo dados recentes divulgados em um estudo realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 18 milhões de brasileiros apresentam os sintomas de ansiedade.

Infelizmente, esses dados tornam o Brasil líder mundial dessa patologia, apresentando números três vezes maiores que a média mundial.

Já de acordo com dados da Previdência Social, os transtornos decorrentes da ansiedade são a terceira razão de afastamentos do trabalho no Brasil.

Segundo  os médicos, esses números decorrem de conflitos socioeconômicos, violência, trânsito nas grandes cidades, e instabilidade política, que geram grande tensão na população.

Mas também pode ser uma questão genética, caso a pessoa já tenha algum caso de ansiedade na família.

Além disso, a maneira como reagimos e compreendemos essa sensação é que irá definir se é um problema prejudicial à nossa saúde ou não.

Sintomas de ansiedade

Embora a avaliação médica seja a ideal, você pode observar alguns sinais físicos e psicológicos.

Caso se identifique com alguns deles, recomenda-se procurar ajuda profissional.

Sintomas físicos:

  • Transpiração excessiva
  • Falta de ar
  • Hiperventilação
  • Boca seca
  • Formigamento
  • Ondas de calor
  • Calafrios
  • Tremores
  • Tensão muscular
  • Cansaço
  • Dor no peito
  • Taquicardia (coração acelerado)
  • Sensação de desmaio
  • Tonturas
  • Urgência para ir ao banheiro
  • Fala de maneira rápida e exagerada

Sintomas psicológicos:

  • Aflição
  • Medo
  • Angústia
  • Inquietação
  • Insônia
  • Dificuldade para se concentrar
  • Incapacidade de relaxar
  • Sensação de estar “no limite”
  • Preocupações com desgraças futuras
  • Pensamentos catastróficos, de ruína ou adoecimento

Dicas para controlar a ansiedade:

Existem várias maneiras para prevenir a ansiedade, independentemente se ela é de caráter físico ou psicológico.

Confira alguns métodos simples e naturais.

  • Mantenha uma alimentação saudável e balanceada.
  • Consuma água de boa qualidade – considerada um “calmante natural”, a água é fundamental para auxiliar no controle da ansiedade.
  • Tome um chá calmante – existem diversas plantas com poder calmante e que funcionam como sedativos suaves. Entre elas estão alface, camomila, ginseng, ginko biloba, erva-cidreira.
  • Pratique exercícios físicos – ao praticar atividades físicas nosso corpo produz endorfina, que é um hormônio benéfico para a sensação do bem estar.
  • Controle a respiração – o fato de respirar lentamente muitas vezes ajuda a acalmar, pois reduz as reações do sistema nervoso.
  • Procure ajuda – você pode conversar e desabafar com algum amigo de confiança, profissional da saúde, terapeuta. Essa conversa ajuda bastante a reduzir os níveis de ansiedade.
  • Pratique atividades junto a natureza – estar em contato com a natureza ou animais traz uma sensação de paz e plenitude para muitas pessoas.
  • Técnicas de meditação – opte por fazer atividades relaxantes, como ioga e pilates.
  • Atividades culturais – a dança e música são excelentes atividades para reduzir a ansiedade, opte por uma de sua preferência.
  • Atividades artísticas – outra opção que pode lhe trazer inúmeros benefícios é o ato de fazer algumas atividades relacionadas à cultura, como fazer artesanato, pintar um quadro, escrever uma poesia/crônica.

Não deixe a sua saúde de lado.

A ansiedade pode comprometer boa parte dela.

Por isso, preste atenção em todos os detalhes que podem afetar a sua qualidade de vida.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO