Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Benefícios da quebra-pedra

A quebra-pedra (Phyllanthus niruri L.), também conhecida como arrebenta-pedra, arranca-pedras, erva-pombinha, erva-pombinha-do-ceará, erva-pombo, fura-parede, quebra-panela, quebra-pedra-branco, rebenta-pedra, saúde-da-mulher, entre outros nomes, é adstringente, analgésica, anti-séptica, antiblenorrágica, antidiarréica, antiespasmódica, anti-hipertensora, anti-hipercolesterolêmica, anti-hepatite B, anti-hepatotóxica, antiinflamatória, anti-hidrópica, antilítica, antiinfecciosa das vias urinárias, antinefrítica, anti-séptica, antiictérica, antidiabética, antitumoral, anticancerígena, antivirótica, aperiente, citostática, desobstruente, diurética, estomáquica, febrífuga, hepatoprotetora, hipoglicêmica, inibidora ACE, inibidora da transcriptase reversa do HIV, purgativa, relaxante, sedativa, sudorífera, tônica e vermífuga.

É indicada em casos de ácido úrico, afecções urinárias, da pele, da boca, da garganta, da próstata e do fígado, albuminúria, amenorréia, areias e cálculos renais, catarros vesicais, cistite, cólica renal, contusões, diabetes melitus com polineruropatia, disenteria, edemas, eliminação de urólitos, emético, febre palustre, feridas, gangrenas, gota, hemorragias, hepatite B, hipertensão arterial, icterícia, inapetência, infecções pulmonares, litíases renais, problemas na próstata, úlceras e verrugas, além de ser relaxante muscular, analgésica e inseticida de pulgas e piolhos.

Observação:
A quebra-pedra não deve ser utilizada por crianças, gestantes e lactante, bem como por pessoas com alergia a plantas do gênero Phyllanthus. Em doses altas, é abortiva e purgativa e pode ser tóxica. O uso prolongado (por mais de 21 dias seguidos) ou em altas doses provoca desmineralização do organismo.



Modo de usar
Para fazer o chá, ferva durante 10 minutos 10 gramas da planta seca em 1 litro de água. Tome 2 a 3 xícaras ao dia. Para cálculos renais, tome o chá à vontade durante o dia por três semanas. Pare sete dias e, se necessário, repita.

Para câncer, use 40 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.



Para diabetes, use 75 gramas da erva fresca para um litro de água. Tome duas xícaras ao dia.

Para distúrbios renais, use 30 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.

Para diurese, use 35 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.

Para câncer, use 40 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.



Para diabetes, use 75 gramas da erva fresca para um litro de água. Tome duas xícaras ao dia.

Para distúrbios renais, use 30 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.

Para diurese, use 35 gramas da planta fresca para um litro de água. Tome três xícaras ao dia.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO