Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Benefícios da porangaba

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email


Como supressora do apetite, a porangaba ajuda a emagrecer, tem ação diurética, cardiotônica e estimulante da circulação; pode ser usada para evitar o depósito de gorduras na parede das artérias e também no combate ao vírus do herpes tipo um.

Para fazer o chá, ferver um litro de água, desligar o fogo e jogar uma colher de sopa da erva.

Deixar em infusão.

Coar e tomar morno, em média três xícaras ao dia.

A porangaba é indicada em dietas para a perda de peso, como redutora do excesso de gordura localizada, no tratamento da retenção de líquidos, como energizante, como cardiotônica e ainda por sua ação antiviral.


Como supressora do apetite, a porangaba ajuda a emagrecer, tem ação diurética, cardiotônica e estimulante da circulação; pode ser usada para evitar o depósito de gorduras na parede das artérias e também no combate ao vírus do herpes tipo um.

Para fazer o chá, ferver um litro de água, desligar o fogo e jogar uma colher de sopa da erva.

Deixar em infusão.

Coar e tomar morno, em média três xícaras ao dia.
A porangaba (Cordia salicifolia), também chamada de chá-de-bugre, cafezinho, café-do-mato e chá-de-frade, é usada nas dietas de emagrecimento por ser diurética, supressora do apetite e por evitar ou reduzir os depósitos de gordura nas artérias e combater a celulite; também usada para atenuar a tosse.

A porangaba é indicada em dietas para a perda de peso, como redutora do excesso de gordura localizada, no tratamento da retenção de líquidos, como energizante, como cardiotônica e ainda por sua ação antiviral.


Como supressora do apetite, a porangaba ajuda a emagrecer, tem ação diurética, cardiotônica e estimulante da circulação; pode ser usada para evitar o depósito de gorduras na parede das artérias e também no combate ao vírus do herpes tipo um.

Para fazer o chá, ferver um litro de água, desligar o fogo e jogar uma colher de sopa da erva.

Deixar em infusão.

Coar e tomar morno, em média três xícaras ao dia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO