Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Benefícios da carqueja – com receita de arroz de carqueja

A carqueja é uma das maravilhas medicinais da natureza.

Segundo a sabedoria popular, o chá de carqueja cura todas as doenças.

Talvez essa crença seja exagerada, mas quem conhece e toma o chá da carqueja sabe que a planta é realmente muito poderosa.

Tradicionalmente a carqueja é usada pela sua ação digestiva, de estimulante hepático, pelo seu efeito diurético, nos estados gripais e constipações.


Geralmente é usada toda a planta, embora as flores sejam a parte mais utilizada, especialmente em infusões. 

Também costuma ser usada no tratamento de feridas sob a forma de cataplasma.


A infusão das flores é conhecida, por muitos, como “chá para todos os males”.

A lista dos seus efeitos terapêuticos é vasta.

E a sua composição, rica em compostos fenólicos como o ácido vanílico, ácido cafeico, ácido clorogénico, ácido siríngico, ácido p-cumarínico, ácido ferúlico, ácido elágico e quercetina, confere-lhe propriedades anti-inflamatórias.

As suas raízes fervidas em água podem ser aplicadas dermatologicamente no tratamento da acne.

A infusão das flores é também usada como digestivo, analgésico gástrico, anti-inflamatório intestinal, e pela sua ação hipoglicemiante como adjuvante no tratamento na diabetes tipo 2.

Promove o bom funcionamento do sistema circulatório, sendo vasodilatadora e depurativa.

É altamente reconhecida pela sua ação no trato respiratório, sendo a infusão de flores usada nas gripes, bronquites, tosse, irritações da garganta, anginas e sinusite.

Ainda lhe são atribuídos benefícios para o sistema nervoso: o chá é usado como sedativo. 

A carqueja também pode ser usada como tônico geral contra o cansaço físico e com efeito estimulante.

Poder antioxidante

A carqueja possui elevado teor de antioxidantes, o que permite confirmar o seu efeito benéfico na saúde, especialmente no que respeita à sua ação antidiabética, no seu efeito hepatoprotetor, como anti-inflamatória, efeito profilático e terapêutico na doença de Alzheimer e efeito antimicrobiano.

Precauções

Recomenda-se o consumo de no máximo três xícaras (chá) por dia, por períodos curtos e sem prolongamento do tratamento.

Grávidas e mulheres que estão amamentando não devem tomar o chá.

Receita de arroz de carqueja

Esta é uma adaptação de uma tradicional receita da região de Trás-os-Montes, no nosso querido Portugal.

Você pode fazê-la com arroz parboilizado ou integral.

A vantagem desse arroz é que ele é saboroso e ao mesmo tempo bastante medicinal pela presença dos princípios ativos da carqueja.

Para começar, faça um chá de carqueja.

Use 1 litro de água, ferva, desligue, acrescente 1 colher de sopa de carqueja e tampe a panela.

Você vai coar esse chá minutos antes de iniciar o preparo do arroz.

Agora, noutra panela, refogue, com azeite extravirgem, 1 cebola pequena e 2 dentes de alho.

Ponha o arroz.

E acrescente aos poucos o chá de carqueja coado, mexendo o arroz.

Coloque um pouco de sal.

Desligue o fogo quando o arroz estiver cozido e no ponto que mais lhe agrada.

Sirva com salsinha ou com galhos e folhas de carqueja que sobraram do chá.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO