Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Bebida promete minimizar Alzheimer em fase inicial

Uma bebida promete ajudar a manter a memória de pacientes que sofrem de doença de Alzheimer em sua fase inicial.

O estudo sobre esse suplemento alimentar e começou há dez anos, no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos EUA.

O professor do Cérebro e Ciências Cognitivas Richard Wurtman desenvolveu um mix de nutrientes e passou a pesquisar o uso desse composto com foco em reconstituir a perda da comunicação química entre os neurônios com Alzheimer.

Testes feitos com 225 pacientes com Alzheimer leve mostraram que 40% que ingeriram o suplemento diariamente melhoraram a memória, após 12 semanas.

Outra pesquisa, realizada em países europeus com 259 pessoas, durante seis meses, também teve o mesmo resultado.

Os estudo foram patrocinados pela Divisão de Nutrição Especializada da Danone, que agora detém a licença da patente registrada pelo professor do MIT.

Os resultados do ensaio clínico, realizado na Europa, foram publicados no ano passado no “Journal of Alzheimer´s Disease”.

Outro estudo, no entanto, mostrou que a bebida não tem efeito em pacientes com a doença em estágio mais avançado.

O produto, cujo nome comercial é Souvenaid, começou a ser vendido no Brasil em setembro do ano passado e já vem sendo usado por mais de duas mil pessoas.

Cada frasco de 125ml da bebida custa cerca de R$ 10 a unidade.

A fórmula, entre outros componentes, contém vitaminas do complexo B, fosfolipídios, ômega 3, colina e uridina (um componente de RNA encontrado no tomate e outros alimentos).

O suplemento não substitui medicamentos, alerta Cláudio Sturion, diretor médico da Divisão de Nutrição da Danone.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO