quarta-feira, 19 janeiro 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Babosa com mel: remédio caseiro para melhorar a circulação do sangue

Devido às propriedades da babosa e do mel, esse remédio vai melhorar a circulação sanguínea e o retorno venoso.

A circulação sanguínea é uma das principais funções vitais do nosso organismo, pois é a responsável pelo envio de oxigênio e nutrientes para os órgãos e tecidos.

Porém, alguns hábitos do dia a dia podem causar o endurecimento das artérias.

Como consequência, dificulta a passagem do sangue para alguns membros, principalmente inferiores, como as pernas e os pés.

Sinais de má circulação

Quando o fluxo sanguíneo é afetado pode comprometer o funcionamento dos órgãos e trazer graves complicações para a saúde. 

Portanto, é fundamental se atentar aos sintomas que podem indicar má circulação, como, por exemplo:

  • Inchaço nos membros inferiores (pernas, pés e tornozelo);
  • Dores e coceira nas pernas;
  • Sensação de formigamento ou dormência nas pernas;
  • Manchas vermelhas nas pernas;
  • Presença de vasinhos ou varizes;
  • Fraqueza muscular;
  • Cansaço constante;
  • Dor abdominal;
  • Problemas digestivos;
  • Extremidades frias;
  • Pele seca e escamosa;
  • Dificuldades de concentração.

Ao identificar esses sinais recomenda-se procurar auxílio médico, afinal, essas condições podem evoluir e causar complicações mais graves.

Entre elas, estão:

  • Entupimento de artérias;
  • Trombose;
  • Varizes;
  • Úlceras varicosas;
  • Gangrena;
  • Câimbras;
  • Diminuição da libido e/ou disfunção erétil;
  • Queda de cabelo, unhas fracas e quebradiças.

Diante disso, é fundamental hábitos que ajudam a melhorar a circulação sanguínea, preservando a vitalidade e a qualidade de vida.

Portanto, vamos ensinar um remédio caseiro que irá ajudar a melhorar a circulação sanguínea, favorecer o retorno venoso, e a combater o inchaço.

  • Retorno venoso: é o retorno do sangue pobre em oxigênio para o coração.

Por isso, esse retorno é fundamental para melhorar a circulação, pois, quando não ocorre da maneira esperada, pode causar algumas doenças venosas.

Os ingredientes utilizados para essa receita são 100% naturais: babosa e mel.

Benefícios da babosa

A babosa, também conhecida como aloe vera, é um excelente anti-inflamatório que estimula a circulação sanguínea, limpa o sangue e ajuda a desinchar.

Além disso, possui arginina e aceman, vitaminas A, do complexo B, E, e C que contribuem para o fortalecimento das paredes de artérias e veias, promovendo a circulação.

No caso da vitamina C, ela auxilia na produção de colágeno, deixando os vasos sanguíneos mais flexíveis.

Segundo um estudo publicado na revista Angiology, a babosa ajuda a reduzir os níveis elevados de colesterol, prevenindo a formação de coágulos sanguíneos nas artérias. 

Benefícios do mel

O mel é rico em antioxidantes e flavonóides, ajudando a diminuir os níveis de colesterol ruim (LDL) do organismo.

Com isso, evita a formação e acúmulo de placas de gordura nas artérias e reduz o risco de entupimento das veias.

Assim, aumenta o fluxo sanguíneo e previne a formação de coágulos de sangue nas artérias.

Além do mais, é fonte de vitamina C, que previne o endurecimento dos vasos sanguíneos. 

Já a sua ação anti-inflamatória, facilita a passagem do sangue pelas artérias.

Remédio caseiro com babosa e mel para a circulação

Devido às propriedades da babosa e do mel, esse remédio vai melhorar a circulação sanguínea e o retorno venoso.

Ingredientes:

  • 250 g de gel de babosa
  • 500 g de mel de abelha puro
  • 1 colher (sopa) de cachaça

Observação: a cachaça serve apenas para ajudar na conservação do remédio.

Modo de preparo:

Remova o gel da babosa – precisa ser a planta da folha larga, a folha fina não pode ser usada.

Mas antes é necessário remover a aloína, aquele líquido amarelado que escorre quando cortamos a folha da babosa e que pode ser tóxico.

Para isso, coloque em um copo com água e deixe por três horas, trocando a água a cada uma hora.

Depois, bata no liquidificador o gel da babosa com o mel e a cachaça.

Armazene em um pote de vidro esterilizado e conserve na geladeira.

Tome três colheres (sopa) dessa bebida por dia.

Porém, lembre-se: sozinho esse remédio não faz milagre, você precisa fazer uma reeducação alimentar e praticar atividades físicas diariamente.

Portanto, segue alguns hábitos que serão necessários mudar:

Alimentação

A alimentação e a qualidade do sangue que circula no organismo estão interligados, ou seja,  se você consumir alimentos saudáveis, vai melhorar a circulação.

Confira abaixo alguns alimentos que são prejudiciais à circulação sanguínea:

  • Frituras;
  • Industrializados;
  • Embutidos e carnes gordurosas
  • Massas com farinha branca;
  • Doces e refrigerantes;
  • Alimentos com excesso de sódio (sal).

Não que você precise eliminar esses alimentos do seu cardápio, porém, devem ser consumidos com bastante moderação.

Agora, saiba quais são os alimentos que ajudam a melhorar a circulação  precisam ser consumidos com mais frequência:

  • Frutas, verduras e legumes;
  • Sucos naturais;
  • Cereais (aveia, linhaça, quinoa, etc.)
  • Oleaginosas (castanha de caju, amêndoas, nozes etc.)
  • Mel.

Vale reforçar também, que o modo de preparo dos alimentos interfere na sua saúde. 

Por isso, consuma-os cozidos, grelhados ou assados, evitando de fritá-los no azeite.

Atividades físicas

O exercício físico ajuda a  melhorar o funcionamento muscular e estimular a circulação sanguínea, aumentando o retorno venoso.

Além disso, permite a distribuição correta dos nutrientes essenciais para o nosso organismo.

Hidratação

Manter o corpo hidratado é fundamental para prevenir problemas de circulação sanguínea.

Por isso, recomenda-se beber muita água – no mínimo dois litros por dia -, pois ajuda a afinar o sangue.

Além disso, a água auxilia na eliminação de toxinas e gordura acumulada no organismo.

Evite bebidas alcoólicas e cigarro

O excesso de álcool reduz a capacidade do coração em bombear sangue ao corpo, prejudicando, assim, a circulação sanguínea.

Além disso, pode causar o desgaste e endurecimento das artérias, provocando infarto e derrame.

O cigarro contém toxinas que prejudicam a circulação de sangue e, com isso, afinam e contraem os vasos sanguíneos.

Como consequência, reduz a velocidade percorrida pelo sangue nas veias, fazendo com ele que não chegue com qualidade nos órgãos e tecidos.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
574,693SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,879SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -