Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Assim deve ser a pressão arterial de acordo com sua idade!

Você sabe quais são as causas da pressão arterial elevada (hipertensão)?

São muitas:

  • Idade avançada 
  • Peso em excesso 
  • Estresse 
  • Sedentarismo 
  • Má alimentação 
  • Tabagismo 
  • Distúrbios da tireoide 
  • Genética

Geralmente, a hipertensão está associada à saúde cardiovascular.
 
É um distúrbio complexo e difícil de identificar apenas uma causa.
 
O problema maior é que se trata de um “assassino silencioso”, pois costuma se desenvolver no corpo sem mostrar sintomas.
 
Assim,  fazer os testes de pressão arterial (periodicamente) é muito importante.
 
Se você não entende bem como isso funciona, a gente explica: o teste mede a força que o sangue exercer sobre os nossos vasos sanguíneos.
 
O que acontece muitas vezes é que a pressão arterial elevada aumenta a resistência ao fluxo sanguíneo nos vasos.
 
Isso força o coração a trabalhar mais.

Existe uma tabela que mostra qual deve ser a pressão arterial de acordo com a idade.

Nas mulheres

20 anos – 11/7

Até os 30 anos – 12/7

30-40 anos – 12/8

40-50 anos – 13/8

50-60 anos – 14/8

Mais de 70 anos – 15/8

Nos homens

20 anos – 12/7

Até os 30 anos – 12/7

30-40 anos – 12/8

40-50 anos – 13/8

50-60 anos – 14/8

Mais de 70 anos – 15/8

Essa tabela, porém, é apenas um indicativo.

O ideal é você sempre monitorar a sua pressão em consultas periódicas com o seu médico.
 
O resultado de uma pressão alta fora de controle é muito prejudicial, acarretando problemas como:

  • acidente vascular cerebral 
  • doença cardiovascular 
  • doença renal 
  • demência 
  • aneurisma 
  • cegueira 
  • disfunção sexual


 
No entanto, tudo isso pode ser evitado se tivermos uma dieta saudável e praticarmos atividades físicas regularmente.
 
Se você pensa em remédios eficazes para a pressão alta, com certeza vai ouvir indicações, como betabloqueadores, diuréticos e inibidores de ACE.
 
Você precisa controlar a pressão e seguir seu médico.
 
Mas não deve se acomodar com essas drogas, cheias de efeitos colaterais.
 
É preciso pesquisar e buscar o auxílio de meios naturais de cura.
 
O melhor de tudo é que, em vez de efeitos colaterais, podemos ganhar saúde com as estratégias naturais de controle da pressão arterial.
 
Veja:

1. Qualidade de vida

Se você que controlar a pressão arterial, a saída é perder o excesso de peso com exercícios físicos.

Que tal uma caminhada rápida por 30 minutos diariamente?
 
Se for muito, comece com menos tempo e vá aumentando progressivamente.
 
Além disso, recomendamos que você consuma alimentos com propriedades anti-inflamatórias, como frutas secas, vegetais e proteínas magras.
 
Diminua o consumo de sódio, pois o sal comum (o “baratinho e ordinário” que a gente compra em qualquer supermercado) estimula a retenção de líquido, o que faz aumentar o volume de sangue e a pressão sobre os vasos sanguíneos.
 
Sendo mais diretos, corte os salgadinhos, batatas fritas, biscoitos, bolachas e outros alimentos carregados de sal.
 
Fuja de bebidas alcoólicas  e do fumo.
 
Estas são as duas piores coisas que podemos fazer contra nossa saúde cardiovascular.
 
Se você não sabe, estes hábitos sobrecarregam o coração, endurecem as artérias e aumentam a pressão arterial.

2. Controle o estresse

O batimento cardíaco exagerado aumenta o fluxo de sangue, que reflete na pressão arterial.
 
O perigo é quando isso acontece sob a pressão do estresse crônico.
 
Na verdade, toda ansiedade tem um grande impacto fisiológico.
 
O cortisol e outros hormônios do estresse, por exemplo, permanecem constantemente elevados, aumentando os problemas de saúde e baixando nossas defesas.
 
Para combater este mal, nada como meditação, ioga, tai chi e qigong, que baixam a pressão arterial e melhoram a saúde cardiovascular.
 
Longas caminhadas na natureza também são excelentes para aliviar o estresse.
 
Talvez a coisa mais simples a fazer é passear
 
Isso interrompe o ciclo de ansiedade.

3. Dieta

A dieta é o segredo para combater qualquer problema de saúde.
 
É nela que está o segredo da cura pela natureza.
 
Procure consumir frutas, verduras e grãos integrais, além de alimentos ricos em potássio, como banana, melão e folhas verdes.
 
Fuja de gorduras trans, alimentos fritos, doces e processados.
 
Tudo isso aumenta a inflamação, endurece as artérias e danifica a saúde do coração.
 
Há alguns suplementos alimentares que podem ser muito úteis para baixar a pressão arterial e melhorar a saúde cardiovascular.
 
Conheça-os:
 
– Alho: ele é ótimo para melhorar a saúde do coração e reduzir a pressão arterial.
 
Melhor do que ele, especialmente para quem não tolera o sabor, pode ser o extrato de alho encontrado em lojas de produtos naturais ou na internet.
 
– Magnésio: reduz a pressão arterial e ajuda a regular o batimento cardíaco.
 
Se quiser saber mais sobre o magnésio e como tomá-lo, leia AQUI.
 
– Ômega-3: reduz a pressão arterial e os níveis de triglicerídeos.
 
Ele é encontrado em peixes gordos de água fria, como salmão e sardinha, chia e sementes de linhaça, nozes e outras fontes.
 
– Coenzima Q10:  este nutriente é eficaz na redução da pressão sanguínea.
 
Há também algumas evidências de que a deficiência da CoQ10 pode causar hipertensão.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO