- PUBLICIDADE -

Error: Embedded data could not be displayed.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

As 9 fases da vida de um ser humano

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Saiba quais são todas as fases da vida humana, do nascimento à morte.

Você já parou para pensar que durante toda uma existência humana experimentamos diferentes estágios de aprendizagem, desenvolvimento e formação do que somos?

A família na qual nascemos, a casa onde moramos e o contexto financeiro em que vivemos podem, muitas vezes, definir a maneira pela qual cada um de nós passa ou experimenta a vida. 

Achou complexo?

A gente explica em detalhes para você.

Vamos mostrar quais são as principais etapas da vida, de acordo com estudos sobre psicologia, que definem como nos comportamos, como percebemos a realidade e quais são nossas necessidades.

1. Estágio pré-natal

Ainda no útero, mesmo antes de nascer, já passamos pelo primeiro estágio de vida.

O estágio pré-natal. Nesse período, já somos capazes de aprender através do tato e dos sons, ou seja, o cérebro humano já associa estímulos com respostas adequadas.

2. Primeira infância

A fase do momento do nascimento até 3 ou 4 anos de idade é chamada de primeira infância. 

Nesse estágio é que são tomados os  passos mais importantes no desenvolvimento da linguagem e os aprendizados essenciais sobre como o mundo funciona e o movimento das coisas.

3. Segunda infância

O período entre 3 e 6 anos é chamado de segunda infância e é definido como um estágio pré-escolar.

Nessa fase é que formamos o autoconceito e a capacidade de pensar sobre os estados mentais dos outros.

Essa habilidade é chamada teoria da mente.

4. Infância média

A infância média compreende crianças entre 6 e 11 anos de idade.

Nesse estágio, há muito progresso na capacidade de entender operações matemáticas e a estrutura de sentenças complexas.

A importância de conquistar bons relacionamentos com as pessoas e de passar uma boa imagem começa a ganhar peso.

Passa a ser prioridade também a inclusão em um grupo de amigos.

5. Adolescência

A adolescência varia de 11 a 17 anos.

Esse é talvez um dos estágios mais importantes na nossa vida.

É na adolescência que fortalecemos nossa capacidade de pensar em termos abstratos e passamos por mudanças hormonais que podem produzir alguma instabilidade emocional.

Além disso, na adolescência ocorre a parte mais intensa da busca pela identidade, e a necessidade de pertencer a um círculo social passa a ser enorme.

6. Estágio da juventude

Esta fase é de aproximadamente 18 a 35 anos de idade. Na juventude, laços de amizades mais duradouros são consolidados e aprendemos a viver com as  nossas próprias pernas, não dependendo mais dos nossos pais.

 Psicológica e biologicamente, as habilidades físicas e mentais também atingem seu ápice.

Mas entre os 25 e 30 anos começam a declinar levemente.

7. Estágio de maturidade

A maturidade varia de 36 a 50 anos.

Aqui, o trabalho é normalmente consolidado, mas as expectativas de mudança na vida de uma pessoa permanecem moderadas.

O objetivo de vida principal passa a ser a estabilidade. 

8. Estágio da maturidade adulta

Dos 50 a 65 anos, vivemos a maturidade adulta.

Nela, costuma-se consolidar o nível de renda, mas há muitas mudanças corporais.

9. Idosos

A terceira idade começa aos 65 anos.

Nesta fase, conquistamos um novo tipo de independência: não somos obrigados a trabalhar tanto como antes, e os filhos “criam asas”, saem de casa e vão viver a vida deles.  

Em alguns casos, isso gera a temida síndrome do ninho vazio.