PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Aprenda como fazer óleo e pomada de arnica: anti-inflamatório, analgésico e cicatrizante

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A arnica ajuda a aliviar as dores musculares, nas articulações e na cura dos hematomas.

A arnica é uma planta medicinal com propriedades anti-inflamatórias, antissépticas, analgésicas, cicatrizantes e anti-hemorrágicas. 

Ela auxilia no tratamento de dores e inflamações de diversas condições.

Segundo estudo da University of Leeds, no Reino Unido, a arnica é eficaz no tratamento de várias condições pós-operatórias, incluindo dor, inchaço e hematomas.

Por isso, a planta é muito utilizada pela indústria farmacêutica e cosmética, além da medicina natural.

Em relação ao uso externo, a arnica é utilizada para as seguintes situações:

Dores reumáticas dos músculos e articulações

Para o tratamento desses problemas, a arnica pode ser usada em forma de óleo ou pomada, e os resultados são bem parecidos.

veja a seguir como fazer essas duas preparações.

Óleo de arnica

O óleo de arnica ajuda aliviar a dor e o inchaço de lesões, torções, escoriações e coceiras causadas por picadas de insetos.

Além disso, previne estrias, é excelente para hidratação, massagem e refrescância do nosso corpo.

Ingredientes:

  • 10 gramas de flores secas de arnica
  • 100 ml de óleo vegetal

Sugestão: o óleo vegetal pode ser óleo de amêndoa doce, de jojoba, de girassol ou azeite extravirgem.

Modo de preparo e uso:

Coloque as flores de arnica junto com o óleo vegetal escolhido em um frasco de vidro esterilizado com tampa.

Envolva o recipiente em um pano escuro e deixe a mistura curtindo por duas semanas em um local que pegue bastante sol.

Durante esse período, agite diariamente o frasco para misturar os ingredientes.

Passadas as duas semanas, abra o vidro, coe o óleo e transfira para outro frasco esterilizado, mantendo-o bem fechado.

Para usar, aplique um pouco do óleo na região dolorida e massageie bem, repetindo o tratamento quatro vezes por dia, conforme achar necessário.

Pomada de arnica

A pomada arnica auxilia no tratamento de inflamações, dores reumáticas, nevralgias, entorses e contusões.

Outro benefício desta pomada é que ela ajuda no tratamento de acne, inflamações e contribui para a cicatrização de ferimentos na pele.

Ingredientes:

  • Óleo caseiro de arnica – quanto bastar, na proporção da cera
  • Cera de abelha ou de carnaúba – uma medida para cada oito medidas de óleo

Observação: Estes produtos você pode comprar em lojas de produtos naturais e/ou farmácias fitoterápicas.

Modo de preparo e uso:

Coloque a cera e o óleo em uma panela, conforme as medidas acima.

Em seguida, coloque essa panela sobre outra panela com água, para fazer um banho-maria.

Com o fogo médio/baixo, deixe a cera derreter e se misturar ao óleo.

Depois transfira o líquido para potinhos pequenos de vidro e com tampa.

Aplique quatro vezes ao dia no local dolorido, fazendo massagens suaves, conforme necessidade.

Cuidados:

  • Tanto o óleo quanto a pomada, se armazenados em potes de vidro bem fechados e conservados em local seco e fresco, duram até um ano;
  • Nunca aplique a pomada ou o óleo sobre uma ferida aberta;
  • Gestantes e lactantes devem evitar o uso desses produtos;
  • Ao usar a pomada ou o óleo, mantenha o cuidado para que ambos não entrem em contato com os olhos, pois pode causar irritações;
  • Nunca ingerir a pomada ou o óleo, nesse caso, recomenda-se o chá de arnica.

Mais Lidas