Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Alimentos e suplementos ricos em magnésio podem reduzir risco de AVC

Nesta matéria, falaremos mais uma vez da importância de enriquecer a nossa dieta com magnésio.

Quem faz isso tem menos risco de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), que é quando um coágulo bloqueia um vaso sanguíneo no cérebro.

Pesquisadores descobriram que o risco de derrame isquêmico, o tipo mais comum de AVC em pessoas mais velhas, foi reduzido em 9% para cada 100 miligramas adicionais de magnésio consumidos por pessoa diariamente.

O estudo foi publicado no American Journal of Clinical Nutrition .

Isso não é incrível?

Para atingir essa dose, você pode consumir suplemento ou alimentos ricos com o mineral.

As melhores fontes naturais para o mineral são produtos de grãos integrais, vegetais de folhas verdes, nozes e feijão.

A descoberta foi feita por cientistas suecos do Instituto Karolinska, que revisaram dados de sete estudos publicados anteriormente de ingestão de magnésio e derrame.

Esses estudos foram realizados entre 1998 e 2011 e incluíram mais de 240.000 voluntários.

Os participantes tinham 34 anos ou mais e foram acompanhados de 8 a 15 anos.

Durante esse período, quase 6.500 pessoas tiveram um derrame.

A ingestão média de magnésio de todos os participantes do estudo variou de 242 miligramas até 471 miligramas por dia.

Nos EUA, a dose recomendada de magnésio é de 420 miligramas por dia para homens com 31 anos ou mais, e 320 miligramas por dia para mulheres na mesma faixa etária.

Isso mesmo levando em consideração fatores como  pressão arterial, diabetes, idade, tabagismo, colesterol alto, atividade física , suplementação vitamínica, outros fatores dietéticos, consumo de álcool e histórico familiar de doença cardíaca.

A suplementação de magnésio

Cura pela Natureza

A principal forma de assimilar magnésio é pela alimentação.

Infelizmente, o solo brasileiro é pobre nesse mineral, mais presente em terras vulcânicas.

Por isso estima-se que cerca de 80% da população brasileira não esteja recebendo magnésio o suficiente.

Então é recomendável você buscar a ajuda de um bom médico ou nutricionista.

Equilibrar os níveis desse mineral no corpo não é tão simples.

Não basta tomar um suplemento de magnésio e pronto.

Ocorre que o magnésio trabalha em conjunto com o cálcio, a vitamina D e a vitamina K2.

Se você consumir muito cálcio e pouco magnésio, pode, por exemplo, desencadear problemas cardíacos.

O segredo está na ingestão correta de cada substância, no equilíbrio.

Os melhores suplementos de magnésio, ou seja, os de melhor absorção, são o glicinato de magnésio, o cloreto de magnésio, o sulfato de magnésio e o citrato de magnésio.

Desses. o cloreto de magnésio é o mais conhecido e também muito elogiado.

Veja AQUI como preparar e tomá-lo.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM