PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Absorvente reutilizável: conheça 4 opções econômicas e ecológicas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Não é de hoje que o absorvente reutilizável está em alta. Mas muitas mulheres não sabem quais as opções e como usar cada uma delas.

O absorvente sustentável não é somente uma forma de contribuir com o meio ambiente, embora isso seja de extrema importância.

Mas, além disso, as mulheres que já optaram por esse tipo de protetor para os dias de fluxo menstrual se sentem muito mais confortáveis.

Também, afirmam que o absorvente reutilizável facilita o dia a dia, evita os temidos vazamentos e não irritam a pele, como os descartáveis.

Obviamente, os absorventes reutilizáveis ainda representam economia a curto, médio e longo prazo.

Se você ainda não conhece as opões, as vantagens e como usar os variados tipos de absorvente reutilizável, fique por aqui!

4 tipos de absorvente reutilizável

Coletor menstrual

É a opção mais antiga e conhecida de absorvente reutilizável.

Trata-se de um suporte de silicone, que é inserido na cavidade vaginal.

Assim, tem alta capacidade de recolher o sangue menstrual, muito mais do que os absorventes descartáveis.

Uma mulher pode ficar até 8 ou 12 horas com o coletor menstrual, sem causar problemas ou vazar – o que é um motivo de preocupação constante das mulheres, além de algo extremamente constrangedor quando acontece.

O seu aspecto assemelha-se a um copo.

Assim que é introduzido na cavidade vaginal, uma sucção natural acontece e o coletor fica firme e confortável no seu devido lugar.

Depois de certo período, basta que a mulher remova o fluxo menstrual desse absorvente, higienize e use novamente.

Mas esse absorvente reutilizável não é recomendado para dormir, pois a movimentação durante o sono pode remover o coletor menstrual do local.

Além disso, vale destacar que o coletor menstrual dura em torno de três anos.

Uma economia e tanto!

Outra vantagem é que o fluxo menstrual não tem contato com o oxigênio, evitando, dessa forma, eventuais maus odores.

Disco menstrual

O disco menstrual é um absorvente reutilizável parecido com o coletor.

No entanto, se difere por permitir que a mulher mantenha relações sexuais com ele.

Além disso, o disco menstrual se diferencia pelo formato, que privilegia aquelas mulheres que, por algum motivo, não se adaptam ao coletor menstrual.

A anatomia em forma de disco envolve todo o colo do útero feminino, como se fosse um grande diafragma.

Dessa forma, este absorvente sustentável recolhe todo o fluxo da menstruação.  

Assim como o coletor, pode ser usado por até 12 horas.

A limpeza e a manutenção são semelhantes às do coletor menstrual, porém a duração da peça vai de dois a cinco anos, dependendo do modelo.

Outra vantagem é que o fluxo menstrual não tem contato com o oxigênio, evitando, dessa forma, eventuais maus odores.

Absorvente reutilizável de tecido

São absorventes produzidos em tecido reutilizável.

O formato é similar ao dos absorventes descartáveis.

O tecido, em geral, é bem costurado, com uma camada interna de material ultra-absorvente, que evita vazamentos.

Também são mais fáceis de serem fixados nas roupas íntimas, pois vêm com botões.

Dessa forma, não há riscos de descolar da calcinha.

Costuma durar mais do que os absorventes descartáveis.

Por exemplo, dependendo do modelo, pode ser trocado apenas a cada quatro horas, mesmo diante de fluxo intenso.

Em seguida, basta deixar de molho.

Por exemplo, em vinagre, água oxigenada e sabão neutro.

Depois, basta enxaguar bem, colocar o absorvente reutilizável de tecido para secar bem e reutilizar.

O ideal é ter cerca de cinco a dez absorventes desse tipo, para ser usado em todo o ciclo e de acordo com a intensidade do fluxo menstrual de cada mulher.  

Calcinhas absorventes

Este tipo de absorvente reutilizável é praticamente uma novidade.

É extremamente prático, em especial, para as mulheres com fluxo intenso.

Trata-se de uma calcinha com tecidos internos que absorvem o fluxo menstrual, deixando a pele limpa.

Além disso, o tecido é impermeável, evitando os terríveis vazamentos.

Algumas mulheres optam por usar esse absorvente sustentável apenas para dormir, quando o fluxo é mais intenso, a fim de evitar manchas nas roupas de dormir e até de cama.

Cada calcinha absorvente dura cerca de um ano.

Além disso, estima-se que um ano de uso deste absorvente equivale a cerca de 4 kg de absorventes descartáveis que vão para o lixo.

O absorvente sustentável sai mais barato a curto e médio prazo, pois é reutilizável.

Deve ser lavado conforme os absorventes reutilizáveis de tecido.

Absorvente reutilizável X meio ambiente

Além de confortável, o absorvente reutilizável contribui de maneira muito impactante com o meio ambiente.

E os dados comprovam isso.

Por exemplo, de acordo com dados da usina de recicláveis do Reino Unido, Knowaste, apenas uma mulher gera de lixo cerca de 10 mil absorventes descartáveis durante toda a sua vida, em média.  

Vale destacar que cada absorvente jogado no lixo pode levar até 500 anos para se desfazer no meio ambiente.

Assim, imagine a quantidade de lixo gerada no mundo por todas as mulheres e o tempo que tudo isso levará para se decompor no meio ambiente…

Vale considerar optar pelo absorvente reutilizável daqui para a frente, não acha?

Mais Lidas