Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

8 sintomas que indicam que seu corpo está com deficiência de proteína – e como resolver o problema!

Proteínas são essenciais para corpo, graças às longas cadeias de aminoácidos, que têm como função garantir o nosso desenvolvimento, crescimento e manutenção.

Há vários alimentos que contêm proteínas, como ovos, peixes e carne.

Os vegetais, as nozes e as sementes também são boas alternativas, principalmente para os vegetarianos e veganos.

Para você ter ideia do quanto precisamos dos aminoácidos, saiba que nossos músculos, órgãos e tecidos são estruturados a partir de proteínas montadas.

Sendo assim, são as proteínas que ajudam a tratar feridas, controlar níveis de açúcar no sangue e neutralizar as bactérias.

O ideal é que as pessoas consumam mais ou menos o peso que têm em gramas de proteínas, diariamente.

Por exemplo, se você pesa 60 kg, deve consumir 60 gramas de proteína.

Uma dieta assim até ajuda a queimar as calorias, além de manter os músculos saudáveis.

Outro detalhe importante: quanto mais acelerado for seu ritmo de vida, de mais proteínas você precisará.

Por que estamos falando isso?

Simples: a maioria das pessoas tem deficit de proteínas.

Uma prova disso são os sintomas.

Com a ausência de proteínas, o nosso organismo não consegue limpar os resíduos conhecidos como radicais livres.

Quando esses resíduos se acumulam, causam danos às células, aumentando os riscos de doenças.

Os sintomas mais comuns para a ausência de proteínas são:

1. Insônia

Sem proteínas, o corpo tende a desejar carboidratos e açúcar em excesso.

Para quem não sabe, o açúcar é transformado em energia, o que causa desordem na hora de dormir.

2. Problemas cardiovasculares

A falta de proteínas pode desencadear problemas cardíacos, assim como diabetes tipo 2.

É também uma causa de hipoglicemia.

3. Erupção cutânea vermelha na pele e perda de cabelo

Quando há erupções na pele e o cabelo começa a cair ao mesmo tempo, pode estar indicando a falta de proteínas, como biotina (B7) e alguns elementos restantes.

Para evitar esse problema, coma cogumelos, nozes, salmão, abacate, couve-flor, bananas e framboesas.

4. Manchas brancas ou vermelhas nas bochechas, braços e coxas

Isso pode ser deficiência de proteínas.

Também indica deficiência em ácidos graxos essenciais e vitaminas A e D.

A solução para este problema é parar de comer tantas gorduras trans e aumentar a ingestão de gorduras saudáveis.

Alimentos como salmão, amêndoas, nozes, chia e linhaça são alternativas muito boas para combater as manchas.

Também indicamos vegetais de folhas verdes e tubérculos.

5. Cólicas e dores nas pernas e nos pés

Provavelmente, além de proteínas, é falta de cálcio, potássio e magnésio.

Também é possível que sua vida seja bastante sedentária.

Para reverter esta situação, é importante comer avelãs, bananas, amêndoas, abóbora, maçãs, cerejas, brócolis e todos os vegetais de folhas verdes.

6. Perda de massa muscular:

Isso ocorre porque o corpo "alimenta" as proteínas nos tecidos e músculos.

7. Atraso no crescimento físico e mental

Sabe-se que uma criança que não foi alimentada corretamente nos primeiros anos de vida, tem muitas chances de sofrer com problemas físicos e psicológicos.

8. Formigamento das mãos e dos pés

Se faltar ácido fólico e vitamina B, sentiremos formigamento nas mãos e nos pés.

Isso está relacionado aos nervos periféricos e geralmente vem junto com fadiga, depressão, ansiedade e desequilíbrios hormonais.

A solução é consumir ovos, levedura de cerveja e feijão (de todos os tipos).

Os veganos e vegetarianos podem contar com muitos alimentos ricos em proteína e que, além de tudo, são ricos em fibras e outros nutrientes.

Amêndoas, linhaça, chia, feijão azuki, lentilha, aveia e quinoa são boas fontes.

Quanto aos vegetais, brócolis, couves, cogumelos e espinafre são excelentes escolhas.

Os melhores tipos de carne para consumir proteínas são a carne alimentada com pastagem, o salmão selvagem e a galinha orgânica.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PUBLICIDADE