- PUBLICIDADE -

Error: Embedded data could not be displayed.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

7 tipos de dor que você nunca deve ignorar

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Veja quais são os 7 tipos de dor que você nunca deve ignorar e quando procurar ajuda profissional.   

Você é daqueles que, mesmo sentindo uma dorzinha aqui ou ali ao longo da vida, evita ao máximo ir ao médico?

Cuidado!

É preciso estar atento a alguns sinais. 

Saiba que não procurar ajuda profissional, muitas vezes, pode ser perigoso.

Isso porque, ao contrário do que muitos pensam, há sete tipos específicos de dor que podem representar problemas sérios de saúde e, por isso, nunca devem ser ignorados.

Anote a lista:

Dor ou dormência nos pés ou pernas

Uma simples queimação ou formigamento nos pés ou pernas pode representar na verdade um problema muito mais sério: neuropatia diabética.

Alguns dos sintomas do diabetes incluem:

  • Boca seca
  • Sede e fome constantes
  • Pele seca com coceira
  • Cortes ou feridas de cicatrização lenta
  • Micção frequente e urgente
  • Visão turva

  

Dor persistente e inexplicável no peito, garganta, mandíbula, braço ou barriga

Pode parecer besteira, mas se você sentir alguma dor, mesmo que pequena, no peito, garganta, mandíbula, braço ou abdômen, procure um médico de confiança. 

Esses são sinais de que você pode ter problemas cardíacos graves. 

E cuidado, pois muitas pessoas confundem os sintomas iniciais de problemas cardíacos com questões estomacais ou intestinais, como refluxo gástrico, por exemplo. 

Por isso, se você sentir um desconforto persistente e inexplicável em qualquer uma dessas áreas, consulte um médico.

Veja também que 80% dos ataques cardíacos podem ser evitados com estes 8 segredos da medicina natural.

Dor de cabeça intensa

É muito difícil encontrar alguém que nunca tenha sentido uma dor de cabeça em algum momento da sua vida, certo?

As dores de cabeça são muito comuns em casos de desidratação, congestão dos seios nasais ou rigidez, excesso de calor, estresse ou até alimentação pouco saudável. 

O problema é quando essa dor de cabeça passa a ser insuportável e não vai embora, de jeito nenhum.

Nesse caso, é preciso procurar um médico, pois essa dor pode ser um sinal de hemorragia cerebral e precisa de atendimento urgente. 

Dor súbita ou persistente nas costas

Dor nas costas também é bastante comum.

Ela pode aparecer quando ficamos muito tempo sentados na mesma posição ou quando mantemos uma postura inadequada.

Mas se você sentir uma dor repentina na parte inferior das costas ou na área entre os ombros, pode indicar uma ruptura fatal na aorta, o principal vaso sanguíneo que vai para o coração.

Essa ruptura, chamada de dissecção aórtica, é bastante grave e deve ser examinada imediatamente por profissionais  da saúde.

Principalmente se você pertencer ao grupo de risco para doenças como hipertensão, problemas de circulação e diabetes.

Aprenda 7 exercícios em 7 minutos par você nunca mais sentir dor nas costas novamente.

Dor abdominal extrema

Problemas de vesícula biliar (incluindo cálculos biliares), pancreatite, úlcera estomacal ou intestinal e apêndice inchado ou rompido podem se manifestar como uma forte dor abdominal.

Por isso, se você sentir uma dor abdominal súbita , aguda e pontiaguda procure um médico imediatamente.

Dor ou inchaço nas panturrilhas

Você certamente já teve uma crise de câimbras.

E isso é muito comum.

O problema é quando essa cãibra está acompanhada de inchaço ou permanece muito tempo. 

Nesse caso, essa dor pode indicar uma condição grave de saúde:  trombose venosa profunda ou TVP.

A trombose acontece quando um coágulo de sangue se forma em uma das veias profundas da perna.

Quando o coágulo se solta da veia na perna e segue para os pulmões, provoca uma embolia pulmonar, que pode ser fatal .

Fique atento aos outros sinais de TVP:

  • Calor na pele da perna afetada.
  • Pele vermelha ou descolorida na perna afetada.
  • Veias superficiais visíveis.

 Dores estranhas, sem explicação aparente ​​ou dores combinadas

Uma combinação de dores leves, mas crônicas, ou dores que não podem ser explicadas clinicamente, pode indicar um problema que está abaixo da superfície da pele e dos ossos: depressão.

Se você tem uma dor persistente sem causa ou uma combinação de dor que surge sem motivo aparente, você pode estar sofrendo de depressão clínica, que causa estranhas dores pelo corpo.

A perda de interesse nas atividades que você costumava fazer, incapacidade de trabalhar ou pensar bem ou a falta de vontade de se socializar também são sintomas de depressão. 

Nesse caso, é preciso procurar um psicólogo ou um médico psiquiátrico e iniciar um tratamento o quanto antes.   

Conheça 7 formas de tratar a depressão sem nenhum remédio químico.