Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

7 alimentos vermelhos que protegem o coração

A dieta é muito importante para um coração saudável.

Claro que existem os fatores genéticos.

Mas até esses fatores podem ser enfraquecidos graças ao que você come.

Cuidar bem do coração, com exercícios e alimentos saudáveis, é a melhor estratégia para ficar longe de um infarto ou outra doença cardiovascular.


Os alimentos que têm a cor vermelha são importantíssimos para a saúde não só do corpo mas também – e principalmente – do coração.

Selecionamos 7 alimentos cujo consumo regular forma uma poderosa proteção contra doenças cardíacas.

Verdade que nem todos esses alimentos são rigorosamente vermelhos.

Alguns são roxos.

Mas todos têm uma composição de nutrientes e de substâncias antioxidantes que atuam como agentes antidoenças do coração.

1. Beterraba

Existem estudos que mostram que o suco de beterraba tem a capacidade de baixar a pressão alta.  Este legume está cheio de fitonutrientes e antioxidantes excelentes para todo o corpo.

A beterraba também é anti-inflamatória e tem propriedades anticâncer.

2. Maçã vermelha

Dizem que comer uma maçã por dia mantém o médico longe.

E isso é verdade, especialmente no que diz respeito a problemas cardíacos.

Segundo estudo realizado em 2011 pelo Departamento de Nutrição, Alimentos e Exercício da Florida State University,  comer algumas maçãs por dia reduz os níveis de colesterol e de dois outros indicadores associados às placas e inflamação nas paredes das artérias.

As maçãs são ricas em pectina, uma fibra solúvel que bloqueia a absorção de colesterol no intestino e estimula o corpo a consumir a substância gordurosa e não armazená-la.

A casca da maçã é cheia de polifenóis, antioxidantes que impedem os danos celulares causados ​​por radicais livres.

3. Repolho roxo

Este vegetal crucífero está cheio de antocianinas (antioxidantes ) e vitamina C, que, de acordo com um estudo recente, pode ajudar as pessoas com insuficiência cardíaca a viver mais.

Além disso, comer repolho roxo reduz os níveis de colesterol.

4. Cereja

O vermelho intenso que você vê nas cerejas indica a presença de antioxidantes chamados antocianinas, que, além vários benefícios anti-inflamatórios e cardiovasculares, reduzem a fadiga muscular.

5. Cebola roxa

As cebolas roxas contêm flavonoides (encontrados principalmente nas camadas mais externas) que ajudam a prevenir ataques cardíacos.

Nelas também existem compostos de enxofre anticoagulantes, que aumentam as defesas do nosso corpo e, possivelmente, evitam que as plaquetas se aglomerem .

Segundo estudos, esses compostos de enxofre podem também ajudar a diminuir os níveis de triglicérides no sangue e a melhorar o desempenho das células vermelhas do sangue.

6. Pimenta vermelha

Trata-se de um forte vasodilatador, o que é ótimo para o coração e todo o sistema circulatório.

A pimenta vermelha ainda oferece uma boa dose de vitaminas A, C, E e B6.

Ela também contém substâncias fitoquímicas, como betacaroteno e betacriptoxantina, que protegem contra o câncer de pulmão, e licopeno, que protege contra o câncer de próstata.

7. Tomate

O principal ingrediente do  tomate é o licopeno, um fitonutriente que dá a cor vermelha a esse fruto.

No tomate também há uma boa quantidade de potássio e vitamina C.

Um estudo recente mostrou que mulheres que comem alimentos à base de tomate (molhos, saladas) desfrutam de uma melhor proteção contra doenças cardíacas.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM