6 alimentos que podem agravar a artrose, por isso devem ser evitados

Imagem: Depositphotos

Entenda porque esses alimentos são prejudiciais para quem sofre de artrose.

À medida que envelhecemos, é comum experimentarmos dores e desconfortos nas articulações.

Essas dores podem limitar a capacidade de movimento e afetar a qualidade de vida. 

Por isso, é importante entender as causas desse desconforto nas articulações e descobrir maneiras de gerenciá-las para manter uma vida saudável e ativa.

Um dos vários motivos para essas dores, inclui o desgaste natural das articulações, lesões e artrose.

A artrose é uma doença degenerativa das articulações que pode afetar qualquer articulação do corpo.

No entanto, é mais comum atingir as mãos, joelhos, quadris e coluna vertebral.

É caracterizada pela degeneração da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos.

Ela se torna mais fina e irregular, levando a dor, rigidez e limitação de movimentos.

A artrose é mais comum em pessoas acima de 60 anos de idade, porém, jovens com obesidade, lesões articulares e atividade física intensa não estão livres da doença.

Os sintomas da artrose podem variar de leves a graves e incluem:

  • Dor nas articulações;
  • Rigidez;
  • Estalos ou crepitações nas articulações;
  • Dificuldade em se movimentar;
  • Inchaço e calor local.

O tratamento da artrose visa aliviar a dor, reduzir a inflamação e melhorar a mobilidade das articulações.

Isso pode ser feito através de:

  • Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios;
  • Fisioterapia;
  • Exercícios de fortalecimento muscular;
  • Perda de peso;
  • Uso de órteses;
  • Cirurgia em casos mais graves.

A prevenção da artrose inclui:

  • Manter um peso saudável;
  • Praticar atividade física regularmente;
  • Evitar lesões nas articulações;
  • Fazer pausas frequentes durante atividades que exigem movimentos repetitivos,;
  • Manter uma boa postura;
  • Adotar uma dieta equilibrada e saudável.

Alimentos que devem ser evitados

Alguns alimentos podem contribuir para o agravamento da inflamação e dor nas articulações.

Por isso, se você sofre de artrose, conheça alimentos que devem ser evitados.

Açúcar refinado

Alimentos açucarados, como doces, bolos, refrigerantes e sucos industrializados, podem aumentar a inflamação e agravar a dor nas articulações.

O açúcar também pode causar inflamação crônica no corpo, o que pode agravar a inflamação nas articulações.

Além disso, aumenta os níveis de glicose no sangue, o que pode levar a uma condição chamada resistência à insulina.

A resistência à insulina pode aumentar a inflamação no corpo e afetar a saúde das articulações.

Portanto, é importante limitar o consumo de açúcar para manter a saúde das articulações e prevenir o agravamento da artrose.

Sal

O excesso de sal pode contribuir para a retenção de líquidos, o que pode aumentar o inchaço nas articulações e agravar a dor.

Também, quando há excesso de sal na dieta, pode levar à desidratação do corpo, o que pode afetar negativamente a cartilagem.

A desidratação deixa a cartilagem mais frágil e menos capaz de absorver os impactos do movimento das articulações.

Como consequência, provoca o aumento do desgaste e a deterioração da cartilagem.

Carne vermelha em excesso

O excesso de carne vermelha também não é recomendado para quem sofre de artrose.

O alimento é rico em purinas, que são convertidas em ácido úrico pelo organismo.

Porém, quando há excesso de ácido úrico pode aumentar a inflamação nas articulações e piorar os sintomas da artrose.

A carne vermelha também possui uma grande quantidade de gordura saturada e gordura trans.

Como consequência, podem aumentar a inflamação no corpo e agravar a inflamação nas articulações, piorando a dor e a rigidez da artrose.

Alimentos ultraprocessados

Os alimentos ultraprocessados são ricos em açúcar, gordura trans e aditivos químicos, que podem aumentar a inflamação no corpo, incluindo nas articulações.

A inflamação crônica nas articulações é um fator importante no desenvolvimento e agravamento da artrose.

Além disso, esses alimentos são frequentemente pobres em nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais e antioxidantes.

A falta desses nutrientes pode levar a uma cartilagem mais fraca e menos capaz de resistir ao desgaste.

Citamos alimentos ultraprocessados:

  • Fast food;
  • Refrigerantes;
  • Bolachas;
  • Conservas;
  • Embutidos;
  • Salgadinhos de pacote;
  • Macarrão instantâneo;
  • Bolos prontos.

Frituras

As frituras são ricas em gorduras trans e saturadas, que podem aumentar a inflamação no corpo, incluindo nas articulações.

A inflamação crônica nas articulações é um fator importante no desenvolvimento e agravamento da artrose.

Além disso, geralmente são feitas em óleos refinados, como o de soja, milho e canola.

Esses óleos são ricos em ácidos graxos ômega-6 e pobres em ácidos graxos ômega-3.

Quando há o desequilíbrio entre esses dois tipos de ácidos graxos  a inflamação no corpo pode aumentar, agravando os sintomas da artrose.

Outro problema com as frituras é que elas geralmente são ricas em calorias e pobres em nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais e antioxidantes.

A falta desses nutrientes pode causar fraqueza na cartilagem, deixando-a mais vulnerável ao desgaste.

Por fim, as frituras também podem contribuir para o ganho de peso, o que é um fator de risco para a artrose.

Afinal, é colocado mais pressão nas articulações, aumentando o desgaste da cartilagem.

Álcool

O álcool pode aumentar a inflamação nas articulações e agravar os sintomas da artrose.

A bebida pode causar desidratação, o que pode afetar negativamente a cartilagem, que precisa de água para funcionar corretamente.

Também interfere na absorção de nutrientes importantes, como o cálcio e a vitamina D, que são essenciais para a saúde dos ossos e das articulações.

Outro fator que contribui para o agravamento da artrose pelo álcool é o fato de que muitas pessoas que bebem em excesso tendem a ter uma dieta pouco saudável.

Com poucos nutrientes e excesso de calorias, o que pode levar ao ganho de peso e agravar ainda mais a artrose.

Alimentos recomendados

Por outro lado, existem alimentos que podem ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor nas articulações, são eles:

  • Peixes ricos em ômega-3 (salmão, atum e sardinha);
  • Frutas e vegetais frescos;
  • Grãos integrais;
  • Nozes e sementes;
  • Chás de ervas anti-inflamatórias, como a cúrcuma e o gengibre.

É importante consultar um médico ou nutricionista para um plano alimentar individualizado e adequado às necessidades específicas de cada pessoa.

Veja também: