- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

5 tratamentos caseiros para unha encravada: previne a infecção e alivia a dor

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Estes tratamentos possuem propriedades que aceleram a recuperação e protegem contra a infecção.

A unha encravada, conhecida na linguagem médica como “onicocriptose”, é uma inflamação causada pela união da unha com a pele. 

Ela costuma surgir no dedão do pé, onde os lados da unha crescem em excesso e acabam entrando na pele.

Como consequência, causa vermelhidão, inchaço, dores e um quadro de inflamação, podendo ser mais complicada do que se imagina. 

O problema de unha encravada pode acometer homens e mulheres de qualquer faixa etária, causando principalmente dificuldades de locomoção e o uso de calçado fechado.

A causa mais comum da onicocriptose é o uso de calçados apertados e o corte incorreto das unhas, principalmente quando se é usado cortadores curvos.

Isto é, aqueles que arredondam os cantos das unhas e as levam a crescer para baixo, causando assim a infecção com secreção (pus).

Mas é importante lembrar que a genética de cada pessoa é diferente, logo, não se pode alterá-la.

Portanto, caso você tenha tendência que sua unha cresça curvada e no sentido da pele, não há muito o que se fazer, afinal, o problema é genético.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM]

Além disso, pessoas que sofrem de diabetes, imunidade baixa prolongada, problemas vasculares, estão mais propensas a sofrer com essas complicações.

Isso porque estas comorbidades dificultam a cicatrização do local, acometido pela unha encravada.

Medidas para aliviar a dor e a infecção

A unha encravada não é considerada um problema grave, porém é recomendado tratá-la a fim de evitar complicações que exijam maiores cuidados.

Geralmente, se faz um tratamento da infecção e do processo inflamatório local, para evitar a secreção e aliviar a dor e o inchaço.

Para esse fim, há ingredientes naturais com propriedades que aceleram a recuperação.

Além disso, criam uma barreira protetora contra as bactérias e microrganismos que causam a infecção.

Aqui estão:

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é anti-inflamatório, prevenindo a inflamação e acalmando a dor e o inchaço ao redor da unha.

Além disso, por conter ácidos naturais, restabelece o pH da pele afetada, acelerando o processo de recuperação das infecções.

Coloque uma xícara de vinagre de maçã em uma bacia com água morna e mergulhe os pés, deixando-os submersos por meia hora.

Caso queira, pode aplicar o vinagre direto sobre a unha afetada, para isso, use um algodão umedecido com o produto.

Faça esse tratamento todos os dias até obter a melhora esperada.

Sugestão: dê preferência a um vinagre orgânico; além disso, você pode fazer seu vinagre de maçã em casa, como já ensinamos aqui no Cura pela Natureza.

Alho

O alho possui compostos de enxofre, agindo contra a inflamação e a dor causada pela unha encravada.

Além disso, é fungicida, antiviral e antibiótico, ajudando a evitar a infecção da pele afetada.

Para este tratamento, amasse um dente de alho e coloque sobre a unha afetada, fixando-o com um esparadrapo ou band-aid.

Caso queira, pode combiná-lo com azeite de oliva, com isso, irá potencializar seu efeito hidratante e reparador.

Deixe agindo por no mínimo quatro horas e na sequência enxágue com água fria e corrente.

Mel

Aplicar mel de abelha sobre a unha encravada auxilia na recuperação, alívio da dor e inflamação.

Isso porque o alimento tem efeito analgésico e anti-inflamatório que ajudam a prevenir a infecção e a suavizar a pele.

Para isso, basta esfregar um pouco de mel orgânico sobre a unha afetada. (Descubra aqui se o mel é verdadeiro ou adulterado.)

Deixe agir por meia hora e enxágue com água limpa e corrente.

Faça esse tratamento duas vezes por dia, até controlar o problema.

Você também pode misturar uma colher (sopa) de mel com duas colheres (sopa) de suco de limão, fazendo o mesmo procedimento acima.

As propriedades antibióticas dessa combinação vão prevenir infecções e a ação calmante irá reduzir a dor e vermelhidão da pele.

Bicarbonato de sódio e vinagre

O bicarbonato de sódio tem ação antifúngica e antibacteriana, ajudando a combater os fungos que causam infecções nas unhas.

O vinagre branco também possui propriedades antifúngicas, que ajudam a tratar a infecção e eliminar os fungos.

Faça uma pasta usando um pouco de bicarbonato e vinagre e passe sobre a unha encravada.

Deixe agir por alguns minutos e em seguida lave com fria limpa e corrente.

Faça a aplicação duas vezes por dia, até desinflamar o local afetado.

Água oxigenada

A água oxigenada tem ação antisséptica e desinfetante, ajudando a suavizar e recuperar a pele que está ao redor da unha encravada.

Além disso, ajuda a acalmar a dor e evita que as bactérias e os fungos causem uma infecção.

Esquente um litro de água deixando-a morna, coloque em uma bacia, adicione meia xícara de água oxigenada e misture.

Mergulhe os pés e deixe de molho de 15 a 20 minutos, secando-os em seguida.

Repita o tratamento todos os dias pelo tempo que achar necessário.

Importante:

Para ter resultados com estes remédios é necessário cortar e lixar as unhas de forma quadrada.

Caso a infecção persista, procure um profissional da saúde o mais rápido possível.

Pode ser um podólogo, dermatologista, ortopedista ou em últimos casos até mesmo um clínico geral.

Dicas para evitar unha encravada:

Se você costuma sofrer com unha encravada, a atenção deve ser redobrada. 

Por isso, listamos alguns cuidados diários que você precisa ter para evitar esse problema.

São eles:

  • Mantenha as unhas sempre bem aparadas e limpas, para evitar o acúmulo de microorganismos.
  • Evite tirar as cutículas, pois elas protegem a unha contra a ação dos fungos e bactérias.
  • Caso suas cutículas estejam grandes e ressecadas, utilize um creme hidratante sobre elas.
  • Mantenha os pés sempre limpos e longe da umidade, afinal, acúmulo de células mortas pode causar a proliferação de microrganismos.
  • Opte pelo uso de meia de algodão e alterne os sapatos, além de mantê-los em um local arejado para evitar a proliferação de fungos e bactérias.
  • Escolha tênis e sapatos confortáveis.
  • Escolha produtos específicos para a saúde dos seus pés, como cremes hidratantes que protegem o dedão e as unhas.

Mais Lidas