- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

5 sucos naturais seguros para diabéticos controlar os níveis de glicose

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Estes sucos para diabéticos ajudam a controlar a taxa de açúcar no sangue, sendo excelentes para a saúde.

O diabetes é uma doença caracterizada pela incapacidade do pâncreas de produzir insulina, hormônio responsável por reduzir a glicose no sangue.

A deficiência e/ou a falta de insulina provoca o aumento do açúcar no sangue, causando assim o diabetes.

O acúmulo de glicose no sangue provoca duas situações diferentes de diabetes, o tipo 1 e o tipo 2.

Diabetes tipo 1

Caracteriza-se pelo excesso de açúcar no sangue, desencadeando inúmeras complicações no organismo.

O diabetes tipo 1 ocorre mais na infância e adolescência, quando o pâncreas não produz insulina ou a quantidade produzida não é suficiente. 

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM]

Como consequência, a pessoa torna-se insulinodependente, ou seja, precisa de aplicações de injeções diárias de insulina.

Sintomas do diabetes tipo 1:

  • Sede constante
  • Boca seca
  • Vontade de urinar a toda hora
  • Perda de peso
  • Formigamento nas pernas e pés
  • Feridas que demoram a cicatrizar
  • Fungos nas unhas 

Já as complicações do diabetes tipo 1 são:

  • Lesões e placas nos vasos sanguíneos, comprometendo a oxigenação dos órgãos, podendo ocasionar infartos e AVCs;
  • Danos à retina, que é o tecido no fundo do globo ocular, podendo levar à cegueira;
  • Falência dos rins;
  • Neuropatia periférica, comprometendo os nervos e a sensibilidade;
  • Amputações ocasionadas por feridas imperceptíveis na pele;

Diabetes tipo 2

Ocorre quando às células são resistentes à insulina, ou seja, o organismo não consegue usar de maneira adequada a insulina produzida.

Além disso, o corpo não consegue produzir insulina suficiente para controlar a taxa de glicemia.

 O diabetes tipo 2 se manifesta mais em pessoas adultas, geralmente após os 40 anos de idade.

Na maioria dos casos, ela não é insulinodependente, ou seja, o paciente não precisa tomar as injeções diárias de insulina.

Sintomas do diabetes tipo 2: 

  • Sede com frequência
  • Cansaço sem nenhuma razão
  • Vontade frequente de urinar, principalmente à noite
  • Feridas que demoram para cicatrizar ou não cicatrizam
  • Perda de peso 
  • Visão turva
  • Dormência e/ou formigamento nos pés e nas mãos
  • Infecções constantes na gengiva e na pele

Além disso, a diabetes tipo 2 pode provocar as seguintes consequências:

  • Doenças cardiovasculares graves como: acidente vascular cerebral (AVC), infarto agudo do miocárdio, arritmias cardíacas graves podendo levar à parada cardiorrespiratória.
  • Doenças na visão como edema macular diabético e cegueira parcial ou completa.
  • Amputações de membros inferiores
  • Lesões em diferentes nervos e órgãos do corpo
  • Impotência e perda do desejo sexual 
  • Fatores de risco do diabetes
  •  Excesso de peso (inclusive a obesidade infantil)
  • Sedentarismo, falta de atividades físicas
  • Hipertensão
  • Hereditariedade
  • Níveis altos de colesterol e triglicérides
  • Medicamentos em excesso
  • Estresse emocional

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes(SBD), no Brasil, há mais de 13 milhões de pessoas com diabetes.

Esses números representam 6,9% da população e não param de crescer, devido aos maus hábitos alimentares da população.

Além disso, a correria diária também é um fator que contribui para o desenvolvimento do Diabetes.

Afinal, quase não sobra tempo para preparar pratos saudáveis e equilibrados. 

Por isso, para evitar e/ou controlar essa patologia, você pode optar por alguns sucos naturais que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Vejas as opções!

Suco de limão

O limão é rico em vitamina C e tem pouco açúcar, auxiliando na prevenção da formação de placas de gordura nas artérias.

Com isso, ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas, pois melhora a elasticidade das artérias.

Segundo estudo da Harvard School of Public Health, o consumo de frutas ricas em vitamina C ajuda a proteger o organismo de problemas cardiovasculares.

Para este suco, você pode espremer um limão e adicionar água com ou sem gás.

Consuma sem adoçar.

Suco de abacaxi

O abacaxi tem propriedades digestivas, por isso ajuda o organismo a absorver melhor as carnes e outras proteínas.

Além disso, é rico em fibras e antioxidantes, tem ação diurética, anti-inflamatória e mucolíticas.

Todas essas propriedades o fazem uma fruta segura para diabéticos.

Corte o abacaxi em pedaços (sem casca) e bata no liquidificador com um pouco de água.

A quantidade fica a seu critério, conforme a quantidade de suco que deseja fazer.

Coe e consuma em seguida sem açúcar.

Suco de melancia

A melancia contém vitaminas A e C, cobre, colina, folato, potássio e zinco.

É uma excelente fruta para hidratar o corpo, substituindo sucos industrializados e refrigerantes.

Além disso, a melancia ajuda a estimular a função renal e reduzir inflamações nos rins, patologias propensas em pessoas diabéticas.

Por conter potássio, a fruta impede o desenvolvimento de diabetes. 

A quantidade recomendada para preparar o suco é de 200 a 300 gramas de melancia.

Consuma o suco sem açúcar ou qualquer outro tipo de adoçante.

Suco de frutas vermelhas

Os tons avermelhados e arroxeados indicam que a fruta é rica em antocianinas e flavonoides.

Esses antioxidantes neutralizam a ação dos radicais livres, ajudando a controlar os níveis de diabetes.

Entre as frutas que você pode consumir, estão:

Amora

Apesar de possuir um índice glicêmico alto, a amora é rica em compostos que ajudam a estimular a liberação de insulina.

Como benefício melhora a síntese da glicose e normaliza a pressão arterial.

Framboesa

A framboesa é uma fruta pobre em carboidratos e tem baixo índice glicêmico.

Ela ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue e a melhorar a resistência à insulina.

Em dois estudos da Washington State University, Estados Unidos, realizados com camundongos alimentados por framboesa foi concluído que:

Os animais apresentaram níveis mais baixos de açúcar no sangue e menos resistência à insulina.

Confira os dois estudos aqui: 

Além disso, a framboesa é rica em taninos, compostos que ajudam a reduzir o aumento de açúcar no sangue.

Morango

O morango é rico em vitamina C, antioxidantes e tem baixo índice e carga glicêmica.

Com isso, ajuda a combater os radicais livres causados pelo diabetes. 

Preparo do suco:

Você pode fazer seu suco com as três frutas juntas ou individuais.

Afinal, algumas delas não são encontradas com facilidade em determinadas regiões.

A quantidade de frutas e água fica a seu critério.

É só bater tudo no liquidificador e consumir após o preparo e sem açúcar.

Suco de goiaba

A goiaba possui baixo índice glicêmico e é rica em fibras, sendo uma fruta segura para diabéticos.

Além disso, contém vitamina C, antioxidante que combate os radicais livres e ainda proporciona sensação de saciedade.

Para fazer o suco, lave a goiaba e corte-a em pedaços.

Bata no liquidificador com um copo de água, coe, acrescente gelo e tome em seguida, sem açúcar.

Importante: aconselha-se preparar estes sucos com frutas orgânicas e frescas, além de consumi-los logos após o preparo para não perder as propriedades. 

Mais Lidas