Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

5 sinais de que você não tem oxigênio suficiente no seu corpo

Quando falta oxigênio no sangue, problemas sérios podem surgir.

Você já ouviu falar em hipóxia?

A condição significa uma falta de oxigênio necessária para manter o funcionamento do tecido.

Como todos sabem, o oxigênio, distribuído para os tecidos por meio da corrente sanguínea, é um elemento vital à vida.

E, apesar de ele ser o gás mais abundante no planeta, há pessoas que sofrem de deficiência na circulação desse gás no sangue. 

A hipóxia pode representar duas situações muito diferentes: ou há falta de oxigênio circulando no sangue, ou os tecidos são incapazes de assimilar o oxigênio atribuído a eles.

Por esse motivo, existem vários tipos de hipóxia, cada um com diferentes causas ou efeitos:

  • Hipóxia cerebral: refere-se à falta de oxigênio nas células e tecidos do cérebro.
  • Hipóxia fetal: refere-se à falta de oxigênio repassado ao feto durante a gravidez.
  • Hipóxia hipoxêmica: define uma fraqueza na pressão parcial de oxigênio.
  • Hipóxia anêmica: os glóbulos vermelhos são aqueles que transportam oxigênio para o resto do corpo. Em caso de anemia, há falta de glóbulos vermelhos que podem causar hipóxia.
  • Hipóxia circulatória: quando o fluxo de circulação sanguínea não é suficiente para trazer o nível necessário de oxigênio, em um dado momento, para o resto do corpo.
  • Hipóxia citotóxica: quando encontramos tecidos incapazes de assimilar oxigênio, mesmo ele disponível no sangue.

É muito importante ficar atento aos sintomas, já que, se não tratada, a hipóxia pode desencadear insuficiência cardíaca, danos cerebrais, derrame e até coma. 

Os principais sinais de que falta oxigênio em seu sangue são:

1. Fraqueza

A capacidade de mover seu corpo e realizar suas tarefas diárias é em grande parte uma função dos seus músculos, que também são compostos de tecidos.

Se houver falta de oxigênio regular no sangue, os tecidos não estarão bem supridos de oxigênio e você se sentirá fraco. 

2. Fadiga

É verdade que todos podem se sentir cansados, seja após um período de trabalho intenso ou após uma série de desafios emocionais e psicológicos.

Mas se a fadiga é crônica, na maioria das vezes, é um sinal de falta de oxigênio no sangue.

Fazendo todos os tipos de atividades durante o dia, quando você não tem oxigênio suficiente, você fica sem fôlego mais rápido.

3. Dores de cabeça

Se você sentir enxaqueca junto com uma sensação de dormência, tontura ou falta de coordenação de movimentos, é que o organismo não tem oxigênio suficiente.

Essa deficiência provoca o acúmulo de toxinas, o que gera dores de cabeça.

Como os tecidos do cérebro não recebem o oxigênio necessário para seu funcionamento adequado, você sofre de falta de coordenação e concentração.

4. Palpitação do coração

Quando o seu coração bate a uma taxa muito maior, é porque ele está tentando bombear a quantidade máxima de oxigênio no corpo.

E quanto mais seu esforço aumenta, mais você sente palpitações de um ritmo cardíaco anormal. 

5. Problemas respiratórios

A falta de oxigênio inevitavelmente causa dificuldade para respirar.

Em geral, as pessoas com hipóxia ficam mais facilmente sem ar, tanto no trabalho como em repouso.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO