Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

5 plantas que você deve ter em casa para purificar o ar e proteger os seus pulmões!

Sabia que as plantas que temos no jardim de casa podem ter uma utilidade maior do que deixar o ambiente mais bonito?

Elas podem, por exemplo, eliminar toxinas que contaminam o ar.

Sabendo disso, o engenheiro ambiental Bill Wolverton, ex-pesquisador da Nasa e autor do livro "Plants: how they contribute to human health and well-being" ("Plantas, como elas contribuem para a saúde e o bem-estar"), criou um filtro purificador à base de plantas para eliminar as impurezas do ar.

O filtro de Bill é extraordinário (ver vídeo abaixo).

No entanto, qualquer um pode ter excelentes resultados se colocar dentro de casa (ou do trabalho) uma das cinco plantas que iremos indicar.

Essas plantas são capazes de eliminar substâncias como formaldeído, encontradas em carpetes, plásticos e tecidos sintéticos.

Para quem não sabe, essas toxinas são cancerígenas.

PHITOFILTER – O FILTRO À BASE DE PLANTAS QUE PURIFICA O AR

Elas também eliminam substâncias tóxicas do cigarro.

Por isso são, sem dúvida, grandes aliadas para a saúde dos pulmões.

Conheça as cinco plantas:

1. Planta-aranha

Esta planta precisa de luz, mesmo que fluorescente.

Coloque água sempre que perceber que a terra está seca.

Se possível, fertilize a terra uma vez por mês na primavera e no verão.

2. Lírio-da-paz

Para que tenha bons cuidados, o lírio precisa de luz média e do solo ligeiramente úmido.

3. Palmeira-de-jardim (areca-bambu)

Ela precisa de muita luz e prospera bastante em ambientes úmidos.

4. Dracena

Exponha a planta à luz, mas não deixe que ela receba todo o impacto do sol.

Regue a planta diariamente sem encharcar o solo para que não haja proliferação de bactérias.

5. Espada-de-são-jorge

Trata-se de uma planta forte e que cresce bem sob a luz.

Procure regar com pouca água durante inverno ou em ambientes com ar-condicionado.

A água, se possível, deve ser destilada ou da chuva.

Caso seja da torneira, deixe em repouso por 48 horas antes de regar, pois isso vai ajudar a eliminar resíduos de cloro e fluoretos.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM